A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018

22/08/2015 09:53

Pesquisa Nacional de Saúde revela catarata em 28,6% dos idosos de MS

Flávia Lima
Em mutirões, médicos detectar e orientam idosos quanto a catarata. (Foto:Arquivo/Campo Grande News)Em mutirões, médicos detectar e orientam idosos quanto a catarata. (Foto:Arquivo/Campo Grande News)

Dados da Pesquisa Nacional de Saúde 2013, divulgados pelo IBGE na sexta-feira (21), evidenciam o avanço do envelhecimento da população. Um dos indicadores que mostram esse fenômeno é a esperança de vida ao nascer, que era 71,2 anos em 2003 e passou para 74,9 anos em 2013.

Dentro desse cenário, a pesquisa investigou alguns fatores relacionados à saúde dos idosos com 60 anos ou mais, que correspondem 13,2% da população brasileira.

Um dos aspectos observados foi quanto a catarata, um dos principais problemas que acometem os idosos. A doença foi detectada em 28,7% da população do país dentro da faixa etária pesquisada. O Centro-Oeste é a região que apresentou as maiores proporções (33,7%). Do total de diagnosticados, 72,7% tiveram indicação de cirurgia e a realizaram. Já 27,7% das pessoas de 60 anos ou mais de idade, que tiveram indicação de cirurgia, preferiram não fazê-la.

Em Mato Grosso do Sul, 28,6% dos idosos foram diagnosticados com catarata, sendo que o índice maior atingiu as mulheres (32,1%) contra 25,1% dos homens.

O percentual dos que receberam indicação da cirurgia e realizaram o procedimento soma 59,4% em Mato Grosso do Sul. No Brasil, em 2014, foram realizadas 469.820 cirurgias de catarata em maiores de 60 anos e 185.598 em 2015.

Esse tipo de cirurgia integra os procedimentos das Cirurgias Eletivas do SUS. Entre 2010 e junho de 2015, o Ministério da Saúde disponibilizou R$ 1,7 bilhão aos estados e municípios para a realização desses procedimentos.

Quanto a imunização, outro fator fundamental para garantir a saúde do idoso e por isso é alvo de alvo de diversas campanhas nacionais, os dados da pesquisa indicam que em 2013, 73,1% das pessoas de 60 anos ou mais de idade tomaram a vacina contra a gripe. As regiões Centro-Oeste e Sul apresentaram as maiores proporções desse indicador (77,1% e 77,9%, respectivamente).

Prova de que as campanhas surtem efeito na região, é a proporção de 71,9% de idosos imunizados em Mato Grosso do Sul, no ano do estudo. O índice maior foi observado entre as mulheres (75,1%) contra 68,6% dos homens.

Em 2014, foram vacinadas, em todo o país, 17,9 milhões de pessoas acima de 60 anos, 86,7% do público-alvo. Em 2014, o investimento foi de R$ 469,2 milhões para aquisição de 53,5 milhões doses

 

PNS - O terceiro volume da Pesquisa Nacional de Saúde foi realizado em 64 mil domicílios em 1,6 mil municípios entre agosto de 2013 e fevereiro de 2014.

Durante o levantamento, foram coletadas informações sobre toda a família a partir de entrevistas válidas para 205 mil indivíduos em domicílio, escolhidos por meio de sorteio entre os moradores da residência para responder ao questionário.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions