A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/02/2009 20:31

PMA vai intensificar fiscalização de pesca no carnaval

Redação

Nesta sexta-feira começou a Operação Carnaval da PMA (Polícia Militar Ambiental), que segue até a Quarta-Feira de Cinzas (25). Um dos objetivos principais das ações é garantir que as regras para pesca sejam cumpridas, já que o período da piracema termina oficialmente no dia 28 de fevereiro.

A modalidade pesque-solte na calha do rio Paraguai está liberada e por isso, a PMA reforçará a fiscalização nas regiões de maior tradição carnavalesca e com grande atrativo de turistas, como é o caso de Corumbá, Bonito, Jardim, Porto Murtinho, Coxim, Aquidauana e Miranda. Nessas cidades, segundo a polícia, serão deslocados policiais de Campo Grande e de outras cidades para reforço.

Já a pesca na bacia do rio Paraná seguirá fechada até o final do período de defeso. Assim, haverá reforço de pessoal nos municípios de Bataguassu e Batayporã, além dos postos fixos das cachoeiras do rio Anhanduí, em Bataguassu; Rio Verde, em Água Clara e Salto do Pirapó, em Juti.

Foram montados 11 postos para operação da Piracema nas cachoeiras e corredeiras. Além disso, duas equipes da Capital também estarão fazendo fiscalização itinerante, sem área definida, exercendo serviços de barreiras e fiscalização fluvial.

Cerca de 297 homens estarão envolvidos na operação e segundo a PMA, aqueles que forem pegos desrespeitando a legislação poderão ser presos e encaminhados à PC (Polícia Civil). Em caso de condenação, a pena varia de um a três anos de detenção, retenção de barco, motor e material de pesca, e mais multa que varia de R$ 700 a R$ 100 mil, além de R$ 20 por quilo de pescado irregular.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions