A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

05/11/2013 10:57

Polícia não localiza suspeito e morador fala em justiça com as próprias mãos

Viviane Oliveira e Graziela Rezende
Pais choram e moradores ficam inconformados com o acidente que vitimou uma criança de 3 anos. (Foto: João Garrigó) Pais choram e moradores ficam inconformados com o acidente que vitimou uma criança de 3 anos. (Foto: João Garrigó)

A Polícia Civil checou, na noite de ontem (4), cerca de seis informações sobre o paradeiro do motociclista que atropelou e matou João Carlos de Souza, 3 anos, mas ainda não conseguiu localizar nenhum suspeito. O acidente foi no último domingo na Rua Mãe Menininha, no conjunto Tarsila do Amaral, em Campo Grande.

Revoltados com o acidente, moradores e familiares dizem que se encontrar o motociclista vão fazer justiça com as próprias mãos. Segundo testemunhas, o motociclista empinava a moto na Rua Mãe Menininha, fez um desvio e atingiu o menino, que brincava perto do meio fio.

De acordo com o delegado responsável pela investigação, Weber Luciano de Medeiros, uma equipe da Polícia Civil passou a noite inteira checando denuncias sobre onde estaria o suspeito, mas sem sucesso. “Muita gente tem ligado e denunciado”, diz.

Segundo informações repassadas a Polícia, o suspeito é moreno, tem estatura mediana e na hora do acidente usava uma camiseta rosa, capacete preto e pilotava uma moto Titan de cor verde, sem carenagem e com a seta e placa despencando.

Os policiais refizeram o possível trajeto do motociclista para tentar recolher imagens, mas as câmeras de segurança do dos locais não estavam funcionando. O delegado já ouviu cinco pessoas e pretende ouvir em breve os pais. “Não adianta corrigir um erro com outro”, alerta o delegado se referindo a revolta dos moradores.

Quem tiver informação sobre o suspeito pode entrar em contato com a 2ª Delegacia de Polícia Civil pelo telefone 3356-5351. A pessoa não será identificada.

Rodovias federais de MS tiveram 162 mortes e 390 feridos graves em 2017
As rodovias federais que cortam Mato Grosso do Sul registram 1.928 acidentes durante o ano passado, sendo que destes resultaram 390 vítimas feridas g...
Carreta da Justiça retorna atendimentos semana que vem em Ladário
O calendário de viagens da Carreta da Justiça, projeto do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), será retomado começa na próxima segunda-...


Á as autoridades, declaro que hoje 06/11/2013 por volta das 17;00 ao passar pela cohab bem em frente ao campinho de futebol havia um rapaz com uma moto titan 125 empinando quase bateu no meu carro, o mesmo esta sem o para-lama traseiro da moto, e minha amiga q estava junto comigo ainda comentou o caso sobre o atropelamento da criança,....ACHO QUE A POLICIA DEVERIA FAZER UMAS DIRIGÊNCIAS NA REGIAO DA COHAB EM FRENTE O CAMPINHO PROXIMO DA ESCOLA PARA VER OS ENGRAÇADINHOS QUE COLOCAM A VIDAS DE MUITAS PESSOAS EM RISCO EMPINANDO MOTOS,;;;
 
kleber lacerda em 06/11/2013 19:39:31
É seu "Dotô" se fosse um filho ou um neto seu, dúvido que o Sr. viria com essa conversinha de: NÃO ADIANTA CORRIGIR UM ERRO COM OUTRO, a população de bem está cansada de ver tantas impunidades, tantas vidas ceifadas por irresponsáveis e a LEI não dar um mínimo de satisfação. Então família do pequeno João, usem a Lei do TALIÃO onde diz "OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE", porque se depender da nossa Lei esse assassino se for pego nos próximos dias, estará com certeza passando o Natal com a família e vocês passando o primeiro Natal sem o pequeno João.
 
Douglas Ruiz em 05/11/2013 16:02:59
O Delegado faz a parte dele, que é tentar punir o responsável na forma da lei, é o papel dele, porém todos nós sabemos que não existe justiça para casos de crime de trânsito no Brasil, no máximo o condutor responde em liberadade, paga umas cestas básicas e está livre. Assim, com certeza, se fosse com meu filho, eu iria até o inferno atrás desse motoqueiro, amarrava ele na traseira no meu carro e sairia puxando pelas ruas.
 
Joao Estevam em 05/11/2013 13:54:27
Eu não queria estar na pele desse cara é só questão de tempo pois quando a população quer ela acha mais rápido que a policia e ele deve ser do bairro pois ninguém sairia de outra região para empinar moto em outro lugar né
 
Tiago Cruz em 05/11/2013 12:56:16
Caso ele seja pego e a justiça não mandar soltar, basta chamar o o policial Carlos Peterson Fernandes, que ele leva para passear no final de semana. Estou com os indignados FERRO E FOGO - AÇO E BALAÇO. Passa o rodô e DEUS que faça a justiça
 
Alex andré de souza em 05/11/2013 12:56:03
se agente ve vamos entregar a policia sim so não sei de que jeito mais ele vai preso lugar de assasino e na cadeia ou cruzeiro
 
noe francisco coelho em 05/11/2013 12:13:18
TODOS OS DIAS NÓS VEMOS MOTOQUEIROS EMPINANDO MOTO SEM AS AUTORIDADES FAZER NADA, OU QUANDO FAZ É SÓ UMA REPREENSÃOZINHA QUE O SUJEITO SAI DALI LISONJEADO; HOJE AINDA ESTAVA NO CENTRO DA CIDADE E PRESENCIEI OS FAMOSOS "AZUISINHOS" SÓ MULTANDO, NÃO ORGANIZAM O TRÂNSITO, NÃO ORIENTAM MOTORISTAS, SÓ VENDEM CREDITOS E MULTAM. AÍ QUANDO ACONTECE UM ACIDENTE, SABE CULPA DE QUEM É DE QUEM FAZ VISTA GROSSA PRAS BADERNAS DE RUA. AÍ VEMOS INOCENTES MORRENDO E AS PESSOAS QUERENDO SÓ COMBATER OS EFEITOS EM VEZ DE COMBATER AS CAUSAS!!!!
 
JARY GUASINA em 05/11/2013 11:43:33
não considero o fato um acidente é muito comum os jovens da região fazerem esse tipo de coisa durante o dia qualquer dia da semana inclusive muitos menores de idade se fazem isso com a consciência de q é errado assumem o risco de matar......
 
luciene castro em 05/11/2013 11:07:29
Senhores pais cuidem de seus filhos. São crianças e não têm noção de perigo.
É comum, nos bairros, as pessoas sentarem nas calçadas e até mesmo na rua, eu já vi casos de pessoas sentadas na rua (no asfalto mesmo, tive que desviar de carro).
Quando acontece uma tragédia... de quem é a culpa.
Lamento muito a morte do pequeno João. Que Deus ilumine seus familiares e amigos para continuar a vida com paz e serenidade.
 
José Alfredo de Melo em 05/11/2013 11:06:09
esse rapaz merece pena de morte inaceitavel a atitude dele
 
jussara santos em 05/11/2013 11:04:04
com certeza esse pai tem o direito de vingar e honrar e fazer com esse cara que tirou a vida do seu filho oque quiser sem dó e sem piedade ... tenho 2 filhas e imagino a dor dessa família ... a sensação de impotência que ele esta sentindo ... Tem que fazer sim amigo justiça com as suas mãos porque daqui a pouco a policia encontram ele e ele vai estar ai nas ruas em poucos dias para fazer a mesma coisa com outra família ... Cadeia nenhuma vai fazer esse camarada pensar naquilo que ele fez ... melhor ele sentir na pele ...
 
luxemburgo souza em 05/11/2013 11:01:29
Pois é Dr. Delegado, mas se acontece com um filho seu ? quem é pai/mãe sabe da DOR desse casal, que DEUS possa conforta-los, não gosto nem de pensar...
 
Antonio Ferreira Filho em 05/11/2013 11:00:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions