A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

01/09/2011 17:42

Policiais federais fazem protesto por melhores condições na fronteira

Fabiano Arruda
Protesto durou cerca de duas horas. (Foto: Divulgação)Protesto durou cerca de duas horas. (Foto: Divulgação)

Policiais federais de Ponta Porã fizeram nesta quinta-feira protesto, que durou cerca de duas horas, para reivindicar melhores condições de trabalho na delegacia da região de fronteira.

Segundo o presidente do sindicato, Jorge Ribeiro Caldas, o prédio da delegacia no município está em péssimas condições. Portões eletrônicos e cercas elétricas que não funcionam, salas cujos pisos e janelas estão quebrados, além de goteiras, vazamentos, infiltrações e problemas elétricos, estão entre as principais deficiências da estrutura.

Segundo levantamento feito pelo sindicato, a delegacia foi a que mais apreendeu entorpecente e contrabando em todo o estado, uma vez que a cidade está localizada em uma região fronteiriça vizinha ao Paraguai. Desde o início do ano até agora, mais de 18 toneladas de entorpecente foram apreendidas em investigações por policiais daquela unidade.

Em abril, a falta de estrutura na delegacia que fica localizada em posição estratégia para o tráfico internacional já havia sido destacada pela imprensa nacional. Os problemas divulgados davam conta de falta de colete balístico, viaturas paradas por falta de manutenção, racionamento de combustível e redução no efetivo.

A Polícia Federal cobra construção de novas delegacias em Ponta Porã, bem como Corumbá, fronteira com a Bolívia.

Ao assumir a superintendência da PF em Mato Grosso do Sul, no começo deste mês, Edgar Marcon afirmou que espera reforços na região de fronteira.



Fui por alguns anos, parte integrante da classe de Agente Federal, desta honrosa Instituição, onde fiquei ao término do Curso na ANP-Academia Nacional de Polícia em Brasília/DF, na terceira colocação. Mas com o passar dos anos, a eurforia, findou pela decepção com os mandatários do órgão só pensando em sí, e deixando nós agentes a Deus dará. Estão corretos em protestar, e ainda é pouco, tem que fazer operações tartaruga, incomodar alguns e fazer valer o direito constitucional. Parabéns galera, não se curvem.
 
Sebastião Octávio RAYOL em 02/09/2011 11:17:21
É, sem infraestrutura e condiçoes de trabalho fica difícil a equipe trabalhar motivados sendo desta forma o resultado compromete a eficácia do trabalho desenvolvido. Tem que protestar mesmo somente assim soluções de melhoras ocorrem!
 
Vera Struckl em 01/09/2011 08:18:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions