A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/07/2010 13:40

Policial chefe de quadrilha é transferido de presídio

Redação

O ex-policial civil Mahmod Silva Degaiche, conhecido como "Mamute", foi transferido do IPCG (Instituto Penal de Campo Grande) para o Centro de Triagem Anízio Lima após solicitação à Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário). "Mamute" e outros policiais civis foram presos na Operação Ali Babá, que desbaratou esquema de extorsão e desvio de apreensões.

Segundo o diretor-presidente da Agepen, Deusdete de Oliveira, a mudança de presídio foi solicitada por Mamute que alegou questões de segurança pessoal. "Ele justificou o pedido dizendo que havia muitas pessoas presas por ele próprio dentro da cela onde estava. Ele temia que poderia ser morto no presídio", explica Deusdete.

Contudo, a permanência no Centro de Triagem poderá ser passageira. "Se ele acha que está correndo perigo, vamos transferi-lo para o Presídio Federal então?", complementa Deusdete. A transferência para o Presídio Federal de Campo Grande já foi solicitada ao juiz da 1ª Vara de Execuções Penais, Francisco Gerardo de Sousa.

"Mamute" foi preso em maio deste ano na Operação Ali Babá, que desmanchou esquema de tráfico de drogas praticado por policiais civis. A operação foi realizada pelo Gaeco, que prendeu outros envolvidos no esquema de venda de drogas.

Degaiche era investigador do 5° DP em Campo Grande e chefiava o esquema de extorsão e desvio de cargas apreendidas. Os policiais eram informados sobre tráfico e carregamentos de drogas e ao recolheram o entorpecente, não registravam a ocorrência, deixando os bandidos livres e desviavam a droga.

Em outra situação, a quadrilha apurava casos de veículos roubados e, se os encontrassem, não devolviam aos donos, vendendo para terceiros.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions