A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Outubro de 2017

07/07/2009 15:50

Prefeito divulga nota sobre reunião para discutir tarifa

Redação

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), divulgou nota sobre a reunião realizada, ontem à tarde, no MPE (Ministério Público Estadual), para discutir a tarifa do transporte coletivo de Campo Grande. Ele insinua que não vai reduzir o valor, como deseja a Promotoria do Consumidor e alguns vereadores.

"Nelson Trad Filho reforça reiterado respeito com a Justiça, mas resguarda o direito e responsabilidade igualmente de manter a qualidade da prestação de serviço do sistema do transporte coletivo da Capital", destacou, no site da prefeitura.

O prefeito não menciona a possibilidade de acabar com o valor de R$ 2,50, o mais alto no País e praticado por seis municípios, e cobrado de quem não usa o cartão. O valor cobrado dos usuários com cartão é de R$ 2,30.

Confira na integra a nota divulgada pela prefeitura da Capital:

"Em função de comentários vazios e sem embasamento técnico sobre cálculos e o valor da tarifa do transporte coletivo de Campo Grande, o prefeito Nelson Trad Filho em respeito aos usuários e, em especial, técnicos municipais, reforça sua posição de que qualquer afirmação neste sentido não passa de ato leviano e descabido.

Nelson Trad Filho reforça reiterado respeito com a Justiça, mas resguarda o direito e responsabilidade igualmente de manter a qualidade da prestação de serviço do Sistema do Transporte Coletivo da Capital."

Câmara analisa mudanças em lei de planos de saúde para beneficiar idosos
A Câmara dos Deputados analisa um projeto de lei que pretende alterar a legislação atual que regula o funcionamento dos planos de saúde no país. Entr...
Percepção de pouco risco de doenças faz jovens não se protegerem durante o sexo
A ampla divulgação de que a aids é uma doença que tem tratamento eficaz dá às pessoas, principalmente aos jovens, a falsa sensação de proteção e faz ...
ANS quer limitar valor pago por usuários em planos de saúde com coparticipação
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) quer limitar o valor que os planos de saúde podem cobrar pela coparticipação, quando o usuário paga uma...
Golpista se passava por proprietário de locadora para enganar vítimas
Um funcionário e ao menos quatro pessoas que comprariam ou alugariam um carro foram vítimas de um falso dono de uma locadora de carros em Campo Grand...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions