A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Junho de 2018

12/01/2008 10:08

Presídios da Capital e Dourados terão 300 vagas em março

Redação

O presídio de Segurança Máxima de Campo Grande e a PHAC (Penitenciária Harry Amorim Costa), em Dourados, terão 300 novas vagas na segunda quinzena de março, quando serão entregues as cadeias lineares. Os módulos lineares são blocos pré-moldados de celas.

As celas serão destinadas a presos mais perigosos e terão regime diferenciado. "Os presos de alta periculosidade terão casa nova. Não chega a ser um RDD [Regime Disciplinar Diferenciado], mas será parecido", aponta o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini. A Máxima possui 1,3 mil internos. O contrato de execução da obra foi publicado em abril do ano passado.

O secretário também destacou que os 220 agentes penitenciários terão concluído a segunda fase da formação e poderão atuar neste ano. Os presídios de Campo Grande e Dourados também irão receber, por meio do Prosnaci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania), rede de circuito fechado, detector de metal e portal eletrônico.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions