A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

22/12/2009 13:43

Preso suspeito de balear chefe de Transito de Pedro Juan

Redação

Agentes da polícia do Paraguai, em buscas na manhã de hoje, no bairro Obrero, em Pedro Juan Caballero, encontraram em uma casa um homem suspeito de ter participado do atentado contra o chefe do Departamento de Trânsito, Ramón Cantaluppi.

De acordo com o site CapitanBado.com, o homem, de 32 anos, tentou fugir ao notar a presença da polícia. Os agentes, após troca de tiros com o suspeito, conseguiram efetuar a prisão.

Na casa, os policiais encontraram um fuzil calibre 7.62, uma pistola 9 milímetros, 28 munições de escopeta calibre 12, 1 silenciador, 2 motocicletas Honda Titan de cor verde, vários celulares e mais de 100 quilos de maconha.

O suspeito seria o mesmo, que meses atrás, foi detido pela polícia em uma camionete que perseguia o prefeito de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo. Na ocasião, foram encontrados com os ocupantes do veículo várias armas de grosso calibre, mas, posteriormente foram liberados.

Atentado - O chefe do Departamento de Trânsito da Prefeitura de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, Ramón Cantaluppi, ferido ontem à tarde por pistoleiros, foi transferido no início da noite da segunda-feira para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Viva Vida, em Pedro Juan Caballero.

Cantaluppi foi alvejado por nove tiros de pistola 9 milímetros, quando chegava à sua residência, por volta das 14h. Dois elementos em uma motocicleta Honda Titan, cor preta, foram os autores do atentado. A vítima estacionava seu carro, uma Parati, cor cinza, placas DDL-780, do Paraguai.

De acordo com o site Mercosul News, os pistoleiros disparam 17 vezes contra Cantaluppi e acertaram nove tiros, que atingiram sua cabeça, peito, rosto, ombro, braço e perna. O diretor de trânsito conseguiu descer do carro e tentou entrar em casa, mas caiu no portão.

A vítima foi socorrida com vida por populares e levada para o Hospital San Francisco. Segundo os médicos, o estado de Saúde de Cantaluppi é considerado grave, razão pela qual ele foi transferido para a UTI do hospital Viva a Vida.

A primeira análise dos médicos é de que o chefe de trânsito pode sobreviver, dependendo da evolução de seu quadro clínico até a noite. Agentes do GOE (Grupo de Operações Especiais) fazem a segurança no local.

Cantaluppi é famoso por seu envolvimento com a política e suas denúncias contra o crime organizado local. Este é o segundo ataque de pistoleiros registrado em Pedro Juan Caballero, em menos de uma semana.

No último sábado (19), o comerciante e dirigente esportivo Luis Carlos González Roy, 40, foi morto com 15 tiros, na região central da cidade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions