A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/06/2010 14:10

Prisão pode levar ao paradeiro de criança desaparecida

Redação

A prisão de um homem de 64 anos acusado de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes pode levar a Polícia ao paradeiro da menina Lívia Gonçalves Alves, de sete anos, que sumiu no último dia 13 em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande. O acusado foi preso nesta manhã, mas não teve o nome divulgado pela Polícia.

Uma das hipóteses levantadas na investigação é a de que ele tenha relação com o sumiço da garota, que saiu da casa dos pais no bairro Cristo Redentor e não retornou.

O caso é investigado pela Daij (Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso), e a delegada responsável pelo caso é Priscila Anuda Vieira, que prefere não detalhar o assunto para não atrapalhar o andamento das investigações.

Ela adianta que o fato de a cidade ser uma região de fronteira dificulta os trabalhos, porque não há como atuar no país vizinho e há possibilidade de que a menina tenha sido levada para lá.

Vinte pessoas já prestaram depoimento, entre elas os pais da criança. Segundo o site Capital do Pantanal, uma testemunha contou ter vista Lívia em companhia de uma menina de doze anos, que alicia crianças para caminhoneiros. Ela chegou a contar que viu uma conversa da garota ao telefone, dizendo para que um senhor devolvesse a menina que ela devolveria o dinheiro.

(Com informações do site Diário Online)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions