A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Março de 2019

28/05/2017 18:15

Professores de escolas estaduais param as atividades na próxima terça-feira

Osvaldo Júnior

Os professores da rede estadual paralisam as atividades na próxima terça-feira (dia 30). De acordo com a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), o movimento visa cobrar do governo do Estado o cumprimento do reajuste de 7,64% relativo ao piso salarial nacional, que deveria ser aplicado em janeiro.

Conforme a Fetems, o aumento é assegurado pela Lei 11.738/2008, a chamada Lei do Piso, e pela Lei Complementar Estadual n.º 200/2015. A Federação reclama ainda da não incorporação de abono de R$ 200,00 no salário dos servidores administrativos da Educação.

Em abril do ano passado, o governador Reinaldo Azambuja havia proposto pagamento de R$ 200 de abono a 39.587 servidores ativos e inativos da Educação, excetuando-se professores, funcionários convocados e comissionados. O impacto, estimado na épica, era de até 20% de reajuste.

Outra reivindicação, que motiva a paralisação de terça-feira, é a apresentação de política de valorização salarial para a categoria dos professores. “Exigimos que o nosso Plano de Cargos e Carreira seja respeitado como determina a lei”, afirma a Fetems em sua página na internet.

Os professores se concentrarão às 8h na na rotatória do Parque dos Poderes, na Avenida do Poeta, a 200 metros da Secretaria de Educação do Estado. Não há informação de quantas escolas vão aderir ao movimento. 

Força Nacional é mantida em Mato Grosso do Sul por mais 90 dias
Agentes da Força Nacional de Segurança Pública que estão em Mato Grosso do Sul desde junho de 2016 vão continuar na região por, pelo menos, mais 90 d...
Enquete mostra que 84% das pessoas conhecem alguma vítima de violência doméstica
A maioria dos participantes da enquete desta semana conhece alguma pessoa que tenha sido vítima de violência doméstica. O assunto foi abordado em dec...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions