A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/11/2009 17:20

Promotor dá prazo para pais de surdos aprenderem libras

Redação

O promotor da Infância e Juventude de Campo Grande, Sérgio Fernando Harfouche, deu prazo até o final do primeiro semestre do ano que vem para que os pais de alunos do Ceada (Centro Estadual de Atendimento ao Deficiente da Audiocomunicação), na Capital, aprendam a linguagem de Libras, usada pelos filhos deficientes auditivos.

O prazo foi definido em reunião feita na escola nesta manhã, durante o trabalho do promotor para combater os índices de evasão escolar. Segundo ele, 80% dos pais de alunos não compareceram nem justificaram sua falta.

No contato com a realidade da escola, ele verificou que as crianças enfrentam dificuldades de comunicação em suas casas, por conta dos pais não saberem a linguagem deles. "Esses alunos são limitados na sua aprendizagem", avalia o promotor.

Na tentativa de solucionar o problema, Harfouche deixou registrado em ata o prazo até o dia 30 deste mês para que a diretora do Ceada, Cícera Selma Arruda, encaminhe para a promotoria lista dos pais que não compareceram à reunião nem justificaram sua ausência.

Feito isto, esses pais terão prazo até o dia 30 de julho do ano que vem para que apresentem ao promotor certificado de participação em curso de Libras. Aqueles que não apresentarem, serão processados por abandono intelectual.

No entender de Harfouche, o fato dos pais não saberem a linguagem usada pelos filhos prejudica no seu desenvolvimento. Ele alega também que os cursos de libra são oferecidos na escola em vários turnos, com aulas gratuitas até no final de semana, por isso não haveria justificativa para os pais não aprenderem.

Projeto

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions