A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/04/2011 15:55

Sejusp precisa “correr” para não perder R$ 7 mi destinados à construção do presídio feminino

Aline Queiroz

Prédio da penitenciária atual foi interditado por falta de condição desde 2008

Parede com rachadura, mesmo depois de reforma, comprova necessidade de obra. (Arquivo)Parede com rachadura, mesmo depois de reforma, comprova necessidade de obra. (Arquivo)

Interditado por conta das más condições do prédio, o Presídio Feminino Irmã Irma Zorzi precisa ser transferido do local onde funciona no Bairro Coronel Antonino. O Governo Federal já disponibilizou R$ 7 milhões para a construção das novas instalações, no entanto, por pouco a Sejusp não perdeu o dinheiro por falta de projeto.

O recurso só poderá ser liberado quando a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública apresentar a proposta para a construção da obra.

O Governo do Estado terá contrapartida de R$ 4.890.970,00, entretanto, o montante também só será liberado quando o projeto estiver pronto.

O prazo para a apresentação venceu no ano passado e a Sejusp conseguiu prolongá-lo. Contudo, caso não apresentar a proposta , o recurso voltará aos cofres públicos.

O promotor de Justiça Fernando Jorge Esgaib afirma que o MPE (Ministério Público Estadual) cobrará a elaboração do projeto.

“O Ministério Público ficará em cima”, completa o promotor.

Aos pedaços - O prédio onde a unidade funciona apresenta problemas estruturais que levaram à interdição do presídio em 2008.

Dois anos depois, uma reforma foi feita. As obras foram entregues ano passado e, ainda este ano, o presídio apresenta problemas de infraestrutura.

No corredor que dá acesso às celas, há uma rachadura, fotografada pelo Campo Grande News durante visita do MPE em janeiro deste ano.

Embora todas as dificuldades, na unidade são oferecidos cursos profissionalizantes e trabalho às detentas.

Na penitenciária as presas trabalham no setor de costura, artesanato, salão de beleza. A unidade também tem uma biblioteca, que sobrevive de doações.

A Sejusp foi procurada para detalhar quais as providências serão adotadas em relação à conclusão do projeto e deverá se pronunciar ainda hoje.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions