ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  01    CAMPO GRANDE 19º

Cidades

Sindicato dos Servidores quer dar 22 imóveis por dívidas

Por Redação | 10/07/2009 14:23

O Sindicato dos Servidores Municipais de Dourados acumula uma dívida de aproximadamente R$ 300 mil, segundo o presidente da entidade, Waine César Ruiz. Ele vem tentando negociar com o prefeito Ari Artuzi (PDT) a quitação dos débitos em troca de 22 terrenos, que estão avaliados entre R$ 250 mil e R$ 300 mil.

A proposta prevê a doação dos terrenos à prefeitura de Dourados, que havia entregue os imóveis ao sindicato. Em troca, o município assume as dívidas. Somente com um supermercado, o débito passa de R$ 15 mil.

Sobre a dívida com Sizuo Uemura, no valor de R$ 7,8 mil, Ruiz explicou que conversou com a diretoria anterior, que teria informado a quitação do débito com o empresário preso na Operação Owari. Ele destacou que, quando assumiu, o débito não existia mais, apesar de constar da ata de dívidas do Sindicato dos Servidores Municipais de Dourados.

Uemura é acusado de liderar um esquema de fraude em licitações públicas, corrupção de servidores públicos, agiotagem e prevaricação.