A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/08/2008 13:04

Três índios suspeitos de atacar ônibus são candidatos

Redação

O ataque a um ônibus de transporte escolar municipal registrado ontem em Japorã, município localizado a 472 quilômetros de Campo Grande, tem como suspeitos oito indígenas de acordo com a PM (Polícia Militar) em Naviraí. Entre eles, três seriam candidatos a vereador.

O incidente, conforme a PM, ocorreu por volta de 7h30, quando o motorista Wilson de Almeida, de 41 anos, fazia o transporte de crianças da área rural e da reserva indígena para a cidade e ainda estava dentro da região da aldeia Porto Lindo.

Um grupo de cinco índios guarani-kaiowá estaria em um veículo VW/Gol, de cor bordô, de placas CBQ-1757, de Moreira Sales (PR) e outros três encapuzados em uma motocicleta Honda/Titan, supostamente portando uma arma, e teriam cercado o ônibus.

Os três encapuzados teriam exigido que os alunos saíssem do veículo e amarrado o motorista em um dos bancos do ônibus, tendo sido agredido a golpes de facão e chutes. O veículo então teria sido conduzido até a fronteira com Iguatemi.

A PM informou que em relatos de testemunhas foram recolhidas informações de que o atentado seria por conta de disputas internas pela liderança da reserva indígena. Os possíveis candidatos, no entanto, fariam parte da aldeia Sossoró, em Tacuru.

O automóvel Gol usado pelo bando foi localizado horas mais tarde no Paraguai. O caso foi encaminhado à Polícia Federal, em Naviraí. (Com informações do site Sul News)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions