A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/09/2008 18:52

Três PMs de Amambaí são presos por desvio de combustível

Redação

Três policiais militares de Amambaí, a 351 quilômetros de Campo Grande, foram presos no início da manhã de hoje, por volta da 5h30, durante uma operação do Serviço de Inteligência da PM local, por peculato e prevaricação.  

Na operação, foi detido até o comandante do pelotão da PM, capitão Jidevaldo de Souza Lima, além do ex-comandante da PM de Coronel Sapucaia, 2º sargento, Gerônimo Tellecher,  e o gestor de abastecimento, soldado Adriano Marssaro. Todos são acusados de desvio de combustível na delegacia do município. 

A investigação que durou três meses foi iniciada a partir de denúncia sobre a conduta dos três PMs. Documentos que comprovam a participação deles no crime foram coletados pela equipe que conduziu os trabalhos. Também foram ouvidas 22 pessoas, donos de postos de combustível do local e funcionários.

Os três foram conduzidos para o Presídio Militar Estadual, em Campo Grande, onde aguardarão avanço do processo. 

A conclusão da investigação será encaminhada à Auditoria Militar. O Comando Geral da PM irá instaurar ainda sindicância para apurar a conduta do capitão e Conselho de Disciplina deve apurar a conduta do 2º sargento e do soldado.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions