A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018

17/09/2008 11:44

Três são presos suspeitos de matar jovem na Piratininga

Redação

Três rapazes foram presos nesta terça-feira pela DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios) suspeitos de envolvimento no assassinato de Leonardo de Souza Ribeiro, ocorrido na manhã do dia 27 de julho do ano passado na Vila Piratininga, em Campo Grande.

Segundo apurado pela Polícia Civil, Winston Wilder Silveira Durães, o Tom, Emerson do Carmo Pereira, o MD, e Jansen Santos Durães Teixeira e Frederico Soares Durães, mataram Leonardo por vingança.

De acordo com o delegado Luís Carlos Rodrigues da Silva, os cinco eram amigos de infância e passaram a se desentender depois que Leonardo tentou matar Winston, que estava junto com os outros rapazes quando foi ferido por tiros, também ano passado.

Para a polícia, Leonardo atirou em Winston, porque desconfiava que este havia engravidado a mulher dele. Como vingança, Wiston mandou mata-lo.

Leonardo namorava Isaura, que depois de ter terminado o relacionamento, se envolveu com Winston. Após um ano, ela e Leonardo reataram e ela ficou grávida. Segundo a polícia, havia comentários de que o filho fosse de Winston.

De acordo com a polícia, quando já estava em casa, Winston mandou matar Leonardo. Conforme apurado pelos policiais através de relato de testemunhas, ele foi até a casa da vítima como passageiro da moto pilotada por Frederico.

Em outra moto estavam Jansen, o piloto, e Emerson, que segundo a polícia foi quem atirou em Leonardo, quando este saía de casa de bicicleta, matando-o.

Na casa de Winston os policiais encontraram 100 gramas de maconha, arma de fogo e munição. No local também foi preso Tarcísio César Souza, que não tem relação com o crime.

A polícia vai pedir a prisão preventiva de Frederico. Somente um deles confessa participação no crime.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions