ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 29º

Amor em 4 Patas

Veja quais alimentos seu pet não pode comer

Larissa Meurer (*) | 14/09/2022 11:23
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Eu sei, é muito difícil resistir a carinha de pidão deles quando estamos comendo, não é mesmo?

Em muitos lares, dividir o alimento com o cãozinho já se tornou tão rotineiro, que se fosse necessário parar com isso, não seria somente o cãozinho que sentiria falta desse momento, mas o tutor também. Mas pra tudo isso tem uma solução.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Veja os principais alimentos que devem ser evitados:

  • Chocolate
  • Cebola
  • Alho
  • Café
  • Maionese
  • Panetone/chocotone
  • Pipoca: apesar de não ser tóxica, não indico a pipoca por entrar no meio dos dentes e ser difícil de retirar depois, inflamando a gengiva e consequentemente causando dor.
  • Ossos pequenos e não higienizados: além de ser perigoso engasgar, também pode transmitir doenças. Pra que arriscar se já existem ossos esterilizados próprios para consumo animal?
  • Uva e uva passa
  • Abacate
  • Carambola
  • Cereja
  • Frutas cítricas (laranja, abacaxi, tomate, maracujá) – São frutas que podem “atacar o estômago”.
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Lembrando que todas as receitas que possuem esses itens como ingredientes, também precisam ser evitados, como sobremesas, bolos, e a maioria das refeições devido aos temperos.

No caso das frutas sempre tome cuidado com sementes e caroços. Já que a maioria dos alimentos precisam ser evitados, o ideal é que seu pet coma somente a ração, utilize em casos específicos como o reforço positivo os petiscos próprios para consumo animal. Por exemplo: pra ensinar fazer as necessidades no lugar correto, quando ele te obedece, são ocasiões que oferecer petisco é vantajoso para recompensá-lo, o importante é que não seja dado qualquer tipo de alimento, qualquer hora do dia, pois quanto mais você oferece variedades na alimentação do seu pet, ele vai ficando seletivo, ou seja, ele fica enjoado pra comer, querendo escolher, você acaba ficando refém da situação, além de que ele não sabe o que é melhor pra ele. Por isso defina juntamente com o médico veterinário os alimentos que devem ser oferecidos, o seu cãozinho não faz parte da escolha do alimento.

Se o seu filho quiser comer apenas besteiras o dia todo, você deixaria ele trocar as refeições por alimentos que ele mesmo escolhesse? Salgadinhos, bolachas, petit suisse? Acredito que não. Então, seu pet também não deve ter poder de decisão na alimentação dele pois ele não possui o entendimento do que é saudável ou não.

Os animais não conseguem abrir a geladeira, alguém que está oferecendo alimentos pra ele, por isso pare agora mesmo se não quiser diminuir a vida do seu filho de 4 patas, pois dar alimentos humanos pode prejudicar os rins, o fígado, o coração, o pâncreas, causar obesidade, problemas urinários, e causar vômitos e diarreias.

Para que você e o seu pet não percam esse momento tão gostoso do petisco, te sugiro a continuar tendo esse momento de carinho, porém com algo saudável. Você pode utilizar o mesmo potinho ou saquinho que já utilizava, pois assim seu pet já vai ficar feliz só de ver você pegando o pote/saco que sempre utilizou para armazenar seus petiscos.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Se você quer receber informações personalizadas para a alimentação e saúde geral do seu pet entre em contato pelo direct do instagram: @larissameurer.

(*) Dra. Larissa Meurer é médica veterinária com 5 anos de experiência clínica. Especializada em Prevenção e profissional no atendimento domiciliar. Trabalha realizando treinamentos de equipe em pet shops com foco em prevenção. E também realizando consultas, exames e vacinas em domicílio com objetivo de aumentar o tempo de vida dos animais e trazendo ainda mais qualidade de vida aos pets e consequentemente pra toda família de seus pacientes.

Nos siga no Google Notícias