ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 26º

De olho na TV

Audiência baixa faz candidato desistir de debate

Por Reinado Rosa | 28/09/2018 15:33

LEU A COLUNA – Candidato à reeleição governador Reinaldo Azambuja retirou da agenda de
campanha participação no debate da RIT –Rede Internacional de TV-, de Dourados. Audiência
traço –conforme informou a coluna- pode ter sido causa do gesto.

CAUSA – Considerado como o mais importante dentre os convidados, a direção da emissora a
serviço do bispo Romildo Soares cancelou seu ‘especial’. Aos demais candidatos desconvidados
restou remexer na agenda de sábado. Simples assim.

E EFEITO – No rastro da falta de planejamento na lide de atividade de retransmissoras de TVs,
sobrou até para rádio local. Emissora com boa audiência em Dourados cantou em verso e
prosa participação ao vivo do debate que não acontecerá mais.

VAI E VEM – Contágio. Programas de políticos locais pela TV exibem resultados de pesquisas
eleitorais bem ao gosto de cada freguês. A lamentar (por eles, os fregueses) o fato de eleitores
e eleitoras não se basearem nessas informações quando frente a frente com as urnas.

LIGAÇÃO DIRETA – Programas popularescos de retransmissoras de TVs de Campo Grande
servem de conexão especial entre espectadores e candidatos. Como praxe, apresentadores
com falta de questões mais incisivas –que incomodem- os concorrentes ao pleito de outubro.

DAY AFTER – Se nada mudar, o reserva de capitão Bolsonaro ou Fernando Haddad sairá
vencedor nas urnas de 28 de outubro. Pergunta que não cala: o que você, leitor deste espaço,
estará fazendo no dia 29? Vida que segue.

LAÇOS DE FAMÍLIAS – A Rádio Cultura, de Campo Grande, foi instalada na década de 40 pela
família Saad, comandante da ‘Cadeia Verde Amarela’, da Rádio Bandeirantes, de São Paulo.
Coube à família Barbosa Rodrigues adquiri-la e fazer sua história na radiofonia local.

IN PRESSÃO – Proprietário de duas FMs em cidade do interior de MS (só acontece aqui) segue
com ação entre amigos. Candidatos da região de Amambai são entrevistados pelas emissoras
sem nenhum tipo de réplica quanto às mirabolantes promessas levadas ao ar.

PARABÉNS – Em setembro do ano da graça de 1989 o Grupo Globo criou a ‘Central Brasileira
de Notícias’, a CBN. Tendo um público mais politizado em relação à década de 1990, a
emissora que “só toca notícias” voltou a Campo Grande em segunda tentativa.

OUTRO CANAL – Cobertura do futebol amador pela telinha criada pela TVE Cultura resultou
em ibope certo. Negociações de bastidores resultaram na mudança de canal da atração
esportiva: agora, TV Morena no comando.

FALANDO NISSO – O ‘Giro do Esporte’ programa diário da TVE Cultura anuncia: a partir de oito
de outubro o programa vai ao ar entre 12 e 13 horas – às segundas, quartas e sextas-feiras.
Vale conferir.

PIADA PRONTA - “Garotinho é barrado no Dia de São Cosme e Damião”. Zé Simão