A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Janeiro de 2020


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


26/09/2018 12:12

Candidatos e debates na televisão local

Reinaldo Rosa

ESTRANHA NO NINHO - A RIT –Rede Internacional de TV-, à disposição dos seguidores do bispo Romildo Soares em Dourados, registra traço na audiência. Está anunciando debate (mais um) entre concorrentes ao governo do estado. Ao que parece para estes, qualquer canal de comunicação neste momento é válido.

BOLA MURCHA - Sem representatividade (ou interesse na pauta política local) a emissora terá um mediador que poderá ser importado de outras plagas. Conhecidos radialistas ‘levantadores de bola’ de políticos douradenses não estão descartados.

SAIBA MAIS – Depoimentos de Juca Ganso, Ramão Achucarro, Barbosires e Adelino Praeiro, entre outros, são valiosos para quem deseja conhecer a fundo o rádio sul-mato-grossense. Leitura obrigatória do livro ‘Rádio – A voz da história sul-mato-grossense’ de Heitor Freire e

ANTES DO JOGO – SBT inova ao colocar o debate entre presidenciáveis a partir das 17 horas (no MS). A serie de promessas dos concorrentes poderá ser acompanhada sem bocejos por parte da galera interessada.

E NÓS – Para telespectadores de Campo Grande interessados nesse tipo de atração fica a dúvida: assistirão ao debate? A necessária mexida na grade local nem sempre é bem vista.

CONTÁGIO – Atividades de marqueteiros de campanha estão em ebulição diante do confronto –e bons resultados- com redes sociais. Campanha pelo rádio e televisão mostra que eleitores esperam dos candidatos mais do que sofisticadas produções de áudio visuais.

REGRA CLARA – Num país em que ideologia é tema proibido para candidatos que vivem da política não tem estrategista que dê jeito. Eleitor continua votando em pessoas –não em siglas-. Vide o atual quadro de presidenciáveis.

VÁ ENTENDER – Sofisticadas produções para a TV exibem cândidos candidatos e suas promessas maravilhosas; tudo bem explicadinho. Rede social, destilando todo tipo de ódio e disputas entre celerados debatedores da cena política nacional produzem melhores resultados estatísticos.

VC NA COLUNA – “A CNH Social é uma iniciativa possível inclusive para mudança de categoria e funciona em outros estados. Se tiver interesse em conhecer mais, podemos te explicar. Sou da equipe de planejamento em comunicação da campanha, mas também tenho conhecimento em legislação possível. Aliás, muitos voltam ao mercado de trabalho por isso. Estou à disposição”. Liziane Berrocal

R DO R – Fico no aguardo de informações sobre tal forma de emissão. Abraços.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
Troca mal explicada na CBN Campo Grande
SEM EXPLICAÇÃO – Ouvintes e funcionários da CBN-Campo Grande foram pegos de surpresa nesta semana. Otávio Neto já não comanda o Jornalismo emissora. ...
Globo tem privilégios que a concorrência não tem
BOMBOU – Noite de segunda-feira colocou a TVE Cultura como a mais sintonizada na noite com retransmissão do ‘Roda Viva’ tendo o ministro Sérgio Moro ...
Samba e futebol não têm repercussão na Capital
FRUSTROU – Vídeo da 'Morena FM' –com fotos de seus integrantes- veiculado na TV matriz da emissora nega expectativa gerada quando do anúncio de suas ...
Balões de ensaios movimentam ondas do rádio
TROCA TROCA – É grande a movimentação na Rede MS. O ‘Noticidade’, noticioso mais antigo da ‘Cidade FM’ ai trocar de mão. Estúdios estão em reformas e...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions