ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 25º

De olho na TV

Depois de Camapuã chegou a vez de Campo Grande

Por Reinaldo Rosa | 15/05/2015 09:59

CADÊ O JOGO QUE ESTAVA AQUI – Alegadas “questões técnicas” procedentes da rede Globo, farão com que a TV Morena continue exibindo com atraso os jogos de futebol das quartas-feiras. Ainda bem que o gol do Guarany aconteceu no último minuto da partida.

ÓH GLÓRIA – O ex apresentador do ‘Jornal Nacional’, Cid Moreira esteve em Campo Grande a convite de uma igreja evangélica. Bom profissional, compareceu aos estúdios da repetidora da Globo para entrevista no ‘MSTV1’.

JORNALISTAS HUMANOS – A tietagem ficou explícita nas instalações do jornalismo da emissora. Na disputada foto com o apresentador tinha mais pessoas que torcida em dia de jogo de futebol em Mato Grosso do Sul.

JOGO DA VELHA – Aos poucos, o novo gerente de jornalismo da TV Morena vai colocando as coisas no lugar. Matérias –relevantes ou não- são repetidas nos três telejornais sem a menor cerimônia. A exemplo da matriz, aliás.

VC JÁ SABIA – Confirmando nota da coluna, na semana passada, Maurício Ferraz, da equipe do ‘Fantástico’ bateu ponto em Campo Grande. Matérias incômodas isentam as repetidoras de maiores comprometimentos com autoridades públicas locais quando feitas por jornalistas de outras praças. Ferraz também foi alvo de tietagem de profissionais locais.

TIMÃO VENCEU – ‘Babilônia’ segue périplo de altos e baixos. Marcos Pasquim que interpretaria personagem gay, por livre e espontânea pressão de autores –e espectadores- agora é portador da síndrome do pânico. Trama foi encurtada em sessenta dias por culpa de baixos índices de audiência. Na quarta-feira, transmissão de Corinthians e Guarany deu mais ibope.

TAMBÉM QUERO - Representantes da rede Record foram à Brasília para convidar a ‘bancada da Bíblia’ para conhecerem o RecNov, no Rio de Janeiro. A solicitação foi feita porque, recentemente o evangélicos estiveram nas instalações da rede Globo. Nesta quarta-feira a Igreja Universal do Reino de Deus foi condenada por desrespeitar religiões afro-brasileiras. Agradar a possíveis protetores é sempre louvado.