A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


10/09/2018 15:01

Emissoras de rádio nacional buscam público local

Reinaldo Rosa

CBN/RÁDIO GLOBO – Grifes de rádios nacionais estacionadas em Campo Grande tentando conquistar dois paralelos de ouvintes; interessados em notícias e/ou em fuga da mesmice. Originárias do Sistema Globo de Rádio, na cidade morena só mudam o endereço e os grupos familiares de comunicação.

FALA QUE TE ESCUTO – Loucos por notícias são contemplados com grade diária de três horas destinadas às informações locais. CBN Campo Grande abre considerável leque para a realidade guaicuru com entrevistas dos mais variados setores da sociedade. Na medida certa.

BOQUINHA – Rádio Globo FM chegou com a expectativa de oferecimento de algo novo no ar. Ficou na expectativa. Programação comparada às antigas AMs cariocas, a grife conquistada pelo Grupo Capital de Rádio abriu espaço para um extra dos contratados da emissora encostados nas linhas de show e de teledramaturgia. Simples assim. Curiosidade durou pouco.

BEM ASSIM – Ao alvorar-se “líder em Campo Grande” a FM Capital nega a existência de algo novo no ar como seria de se esperar com a chegada da Globo FM e seus miquinhos adestrados.

MÚSICA PARA OUVIDOS – A sociedade sul-mato-grossense saudou a chegada de ambas emissoras do Sistema Globo. Aprovando ou não suas grades de programação. Importante seria conhecer a propalada “geração de emprego e renda” para profissionais locais. Sindicato dos Radialistas com a palavra.

IMPORTÂNCIA DO RÁDIOEntrevista de presidenciável ao Otávio Neto, na CBN Campo Grande na manhã de sábado, serviu para diminuir –um pouco- o índice de indecisos. Lição de como agem congressistas quando conquistam Brasília. “Todo brasileiro é igual perante a Lei” é mantra risível na capital federal.

JESUS NA CAUSA – Horário político sul-mato-grossense também se presta ao tragicômico; não ri (ou se intriga) quem não se dispõe a ouvir promessas e outras aleivosias. Candidato quer reeleição confessando que, entre o que já fez, “estão reuniões de evangelização em quarenta municípios do Estado”. Só por Deus.

COMEÇA HOJE – Jornalismo da TV Morena anuncia serie de entrevistas com candidatos ao governo do Estado a partir desta segunda-feira. Feitas nos moldes do ‘JN’ e suas questões impertinentes a pauta pode oferecer algo de novo no ar. Que não seja uma ‘ação entre amigos’. Espera-se.

REPLAY - Debates televisivos entre candidatos a cargos executivos há algum tempo, deixou de propiciar resultados esperados pelos eleitores telespectadores. E/ou na audiência. Alta rotatividade deste tipo de programa abre espaço para idênticas perguntas com semelhantes respostas e argumentações. Simples assim.

SEGUNDO ATO – O radialista Ricardo Parentes jura que estão em fase final os entendimentos para volta de programa esportivo na TV Interativa. Com o campeonato nacional de futebol atingindo a fase final, o esporte local entra como compasso de espera das disputas regionais.

O eterno reino do futebol nacional na tevê local
FLA-FLU - O esporte em Mato Grosso do Sul coloca-se em lugar deprimente na tábua de classificação na mídia -televisiva e radiofônica- local. Raros es...
11 de setembro é "ignorado"
PAUTA LIXO – Imprensa mundial dá sinais de que até as importantes notícias (e/ou fatos) o tempo se responsabiliza por mandá-las para a "cesta seção",...
Jornalismo local tem "faz tudo' no ar
ESCANTEIO E CABECEIO – Apresentador do jornal da TV Interativa faz de tudo um pouco; anuncia “a próxima reportagem” que ele mesmo fez fora do estúdio...
Aniversário da Capital tem homenagem no rádio
MAGOEI – Mudança de empresa privada (digamos assim) para uma sede mais atualizada com parâmetros arquitetônicos estremeceu relações entre partes semp...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions