A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Junho de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


02/07/2014 09:56

Jornalismo local perde mais um espaço

Reinaldo Rosa

COMO É FEITO – Com a chegada das eleições, candidatos apresentadores de rádio e repetidoras de TVs saíram do ar nesta semana. Todos já sabem. O ‘Balanço Geral’ –espécie de bloco local no ‘Cidade Alerta’-, deixou de ser apresentado pela TV Guanandi. Capacitados jornalistas da emissora não foram aprovados para substituir o titular deputado estadual. Simples assim.

SEM ELE - Saída do candidato (outra vez; sem surpresa) deputado estadual Maurício Picarelli, do Balanço Geral, revela a forma com a qual são administradas repetidoras locais. Economia e – se possível - audiência, como foco principal. Nem vereadora da capital foi convocada para a vaga do titular.

TEMOS VAGA – Com mudanças verificadas no jornalismo matinal da Band, a audiência do informativo cresceu significativamente. O bloco destinado às informações de Mato Grosso do Sul é simplesmente ignorado pela retransmissora local da rede paulista. Equipe de bons profissionais existe. Dentro e/ou fora da emissora.

ESTÁ TENDO COPA – O jogo Bélgica X Estados Unidos, na Copa Fifa, prova que o torneio está valendo a pena. Detratores e pessimistas anunciadores do apocalipse também estão presentes nas arquibancadas das arenas espalhadas pelo país. Uns poucos mandaram a presidente tomar mas quem tomou foram os mandantes.

NÃO TEM TU - Após o final da competição da Fifa, a ressaca de futebol em Mato Grosso do Sul será preenchida com a participação do Itaporã no Campeonato Brasileiro da serie D. Preenchida literalmente.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – Famosos jabás (em forma de ‘aquele abraço’) radiofônicos – e televisivos - poderão citar nomes de candidatos destas eleições? Tudo será motivo para chiadeira de concorrentes junto ao Tribunal Regional Eleitoral.

SEM CORTES – Jornalista Sérgio Cruz gravou participação para o ‘Sala de Corte’, da TV Brasil Pantanal. O programa vai ao ar às 19 horas de quinta-feira e é opção inteligente para espectadores interessados no serio registro do áudio visual de Mato Grosso do Sul.
Vale a pena conferir.

LIBERDADE ABRE AS ASAS – Deu no 24 Horas News, de Cuiabá. “Acabou a era Carlos Orione à frente da Federação Matogrossense de Futebol (FMF). Não era sem tempo: foram 32 anos à frente da entidade. Problemas de saúde e desgaste político o tiraram de cena”. Exemplo que poderia ser seguido em outras paragens na região Centro-Oeste. Em MS, para ser mais específico.

 

Grupo Acaba vive, mesmo fora da mídia
ESTAMOS JUNTOS – Mesmo ausente da grade musical da maioria de emissoras de rádios e retransmissoras de TVs locais, o Grupo Acaba vive –e sobrevive-. ...
Música regional de MS é atração rara nas emissoras locais
ESTRELAS FAZEM SINAL – Paulo Simões, Geraldo Roca, autores da música 'Trem do Pantanal', considerada hino não oficial de MS, não têm o destaque merec...
Só um 'não' ao ouvinte pode tirar rádio da mesmice
LINHA FECHADA – Quando é preciso dizer ‘não’. Difusora AM também abre espaço para atendimento de pedidos musicais dos ouvintes. Perigo à vista; maior...
Rádio muda pouco na mudança da faixa AM para FM
NADA DE NOVO – Bolo gigante recheado de alianças na festa do dia de Santo Antonio, nesta terça-feira foi, de novo, notícia na TV Morena. E, novamente...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions