A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


17/04/2017 11:27

Minissérie deve ser vista por quem pede militares no poder

Reinaldo Rosa

AME-O – ‘Os dias eram assim’, série a ser apresentada a partir desta segunda-feira (17), na Rede Globo, retrata a realidade política da década de 70. Oportunidade ideal para jovens e simpatizantes de grupos que pregam a volta dos militares ao poder.

OU DEIXE-O – A minissérie toca em assunto de real interesse ao entendimento político, com especial cuidado da emissora em não melindrar a caserna. O happy end da trama deverá baixar a cotação de Jair Bolsonaro na bolsa de apostas de futuros possíveis presidenciáveis.

GLOBO TIME LIFE – Focando acontecimentos a partir de 1970, fica solenemente ignorado o acordo Time-Life/Globo, por exemplo. Grupo considerado apenas “como responsável por aplicações de práticas em administração de comunicação televisiva”, segundo Roberto Marinho, então proprietário da Rádio Globo.

OBSERVATÓRIO – O emblemático acordo Globo Time-Life, mais de 40 anos depois, é avaliado por José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, no ‘Observatório do Direito à Comunicação’: "O pessoal do Time-Life era muito responsável e tinha ordem de não passar perto da redação para não contaminar o conteúdo, mas de acordo com a legislação brasileira, era ilegal”.

RELEASE – Na extenuante abordagem do ‘Jornal Nacional’ na semana passada, Willian Bonner e equipe não acrescentaram nada às informações sobre a ‘lista do Fachin’. Cuidadosas informações sobre o relatório sem nenhuma posição ou comentário da emissora global.

FALEM BEM, MAS FALEM DE MIM – Notícia divulgada na edição do dia 11, no Estadão, “a estratégia do Palácio do Planalto para afastar as resistências à reforma da Previdência é fazer com que locutores e apresentadores populares expliquem as mudanças sob um ponto de vista positivo. Os veículos que aderirem à campanha terão direito à publicidade federal.”

ESCOLA BASE – Em vídeo nas redes de TVs, delator da Odebrecht confessou ajuda da empresa, através do caixa dois, ao filho de José Dirceu. Ao invés de citá-lo como Zeca Dirceu, mencionou o xará do PT, de MS. Imprensa local compartilhou – sem pesquisar – e o estrago está feito. Simples assim.

CRIA – Aos poucos, locutores da FM UFMS vão estendendo tentáculos em jingles e spots difundidos fora da emissora. Marcelo Pereira Dias é nome dos mais utilizados por agências e publicidades móveis de Campo Grande.

VC NA COLUNA – “Nobre amigo Reinaldo. Muito bom você ter tocado nisso: são raras as emissoras e os radialistas que informam os compositores das canções tocadas. Quando muito informam o intérprete/cantor. Por isso muita gente acha que foi a Simone que compôs ‘É Natal, canção composta pelo casal John Lennon e Yoko Ono”. Maurício Hugo Rodrigues

A disputa pelo horário eleitoral
SONHO MEU – Potenciais candidatos à presidência digladiaram-se por apoio do adesista ‘Centrão’, de olho no tempo de TV no horário político. Pesquisas...
O eterno reino do futebol nacional na tevê local
FLA-FLU - O esporte em Mato Grosso do Sul coloca-se em lugar deprimente na tábua de classificação na mídia -televisiva e radiofônica- local. Raros es...
11 de setembro é "ignorado"
PAUTA LIXO – Imprensa mundial dá sinais de que até as importantes notícias (e/ou fatos) o tempo se responsabiliza por mandá-las para a "cesta seção",...
Emissoras de rádio nacional buscam público local
CBN/RÁDIO GLOBO – Grifes de rádios nacionais estacionadas em Campo Grande tentando conquistar dois paralelos de ouvintes; interessados em notícias e/...


ESSA MINISSÉRIE É MAIS UMA TENTATIVA DESESPERADA DE DETURPAR A VERDADE, ESSES BANDIDOS QUE HOJE ROUBAM O BRASIL, QUE SÃO BANDIDOS E ASSASSINOS, SÃO A ÚNICA COISA ERRADA DO GOVERNO MILITAR NO BRASIL, DEVIAM TER MORRIDO TODOS ELES NAQUELA ÉPOCA, SE ASSIM TIVESSE ACONTECIDO, TALVEZ NÃO VIVÊSSEMOS ESTA SITUAÇÃO INACEITÁVEL HOJE. BANDIDO NÃO TEM QUE SER TRATADO COM MANIFESTAÇÃO CANTANDO HINO, BATENDO PANELA, OU SÓ COM MANIFESTAÇÃO EM REDES SOCIAIS, BANDIDO TEM QUE SER PRESO E PERMANECER PRESO, MORRER NA CADEIA, DEVOLVER TUDO O QUE ROUBOU COM JUROS E CORREÇÃO. MUITO BANDIDO CHAMADO DE EXCELÊNCIA, DOUTOR, SE ACHANDO INTOCÁVEL. INFELIZMENTE HOJE, OS COMANDANTES MILITARES NÃO VÃO FAZER NADA PARA IMPEDIR. GOSTARIA QUE UMA BOMBA ATÔMICA DIZIMASSE ESSE ANTRO DISFARÇADO DE CONGRESSO.
 
MARCOS ANTONIO DA SILVA em 17/04/2017 22:31:11
Essa Minissérie não vai ser assistida pelo pessoal que apoia o Bolsonaro pois qualquer um ser descente sabe que nada que presta vem dessa emissora e quem tem uma opinião séria sobre política nem perde tempo com essas coisas... quem é o editor para formular o título da matéria "Minissérie deve ser vista por quem pede militares no poder" não vai ser vista, idiotice cultural.. hahahahahah, vai ser vista pelos idiotas de plantão ou desinformados até o presente momento que não sabem o que é melhor para o Brasil... Ainda acredito no futuro do Brasil por mais que seja difícil, maior parte dos veículos de imprensa são tendenciosos e corruptos, que Deus proteja o jornalismo que esteja ao lado do Brasil, apartidário!
 
JONAS em 17/04/2017 13:45:33
É fácil falar para as pessoas verem a minissérie, quando se conta somente um lado dá história, o lado dos comunistas e socialistas que queriam fazer com que o nosso país virasse cuba ou Venezuela, se hoje temos uma democracia agradeçam aos militares que lutaram contra esse sistema de comunismo e salvou o Brasil de hoje em dia estar no mesmo estado de uma Venezuela.
 
Bruno Brandão em 17/04/2017 12:17:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions