A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


29/01/2018 10:52

Mudança no rádio pode acordar mercado

Reinaldo Rosa

UM PASSO À FRENTE – Migração da faixa de AM para FM mexeu com modus operandi do mercado radiofônico. Concorrentes que apostavam na mesmice sentiram incômodo com a boa programação musical da Difusora FM e a sacada de incentivar o futebol local.

UM PASSO A TRÁS – O espasmo da ousadia ficou por aí e o imediatismo de aumento de receita falou mais alto. Ao término do campeonato de futebol brasileiro também chegaram ao fim as transmissões da emissora e o consequente desligamento da equipe de cronistas esportivos. Simples assim.

LUZ, CÂMARA, AÇÃO – Realidade do futebol sul-mato-grossense é insólita já a partir da viciada forma de administrá-lo por parte de sua entidade mor. Não inspira confiança –nem retorno mercadológico- à imprensa escrita e falada.

MEU PIRÃO - O ‘apoio’ da TV Morena pouco tem de resultados práticos para as equipes participantes. Para telespectadores, é frustrante não assistir a um clássico do futebol paulista e acompanhar um ‘empolgante empate’ entre Sete de Setembro e Águia Negra, no Douradão.

SEM TORCIDA NO ESTÁDIO E NO RÁDIO – Das grifes radiofônicas nacionais Globo FM e CBN, nada a se esperar com relação ao futebol local. O vácuo deixado por tradicionais emissoras locais contagiou a Difusora FM. Miopia em comunicação dá nisso.

104 AGRADECE – Cresce expectativas de melhoria na audiência de programas esportivos na FM oficial do Estado. A emissora é a segunda a explorar o setor de esporte –tão importante em qualquer empresa de comunicação que se entenda como tal-. Pasme-se.

CALHAU - O tutorial da Globo (texto que auxilia o processo de aprendizagem exibindo passo a passo o funcionamento de algo) “já encheu o saco”, nas palavras de saturado espectador. Comuns mortais terão seus quinze segundos de fama dizendo o que esperam do Brasil e preenchendo espaço nos vários noticiosos da emissora. Aguentemos.

VC NA COLUNA – “Eu tenho minhas dúvidas se o Ginez Cesar pediu demissão ou foi demitido. Sei não; como já cantou Ney Matogrosso: O que a gente faz é por debaixo dos panos.... se eu ganho mais é por debaixo do panos”. Ciro de Oliveira

TÁ BOM – Muito boa a produção da TV Morena relativa ao carnaval local. Profissionalismo e criação na medida certa.

ABRAÇOS – Publicitário e integrante de bandas musicais de Campo Grande, Wagner Gomes e o incentivador de futebol amador local estão em festa, hoje. Cumprimentos do titular da coluna. Boa festa.

TRANSTORNO OBESSIVO COMPULSIVO – Amaury Jr. Voltou com seu Toc de sempre. Bateu papo com Roberto Carlos e entrevistou (de leve) o presidente Michel Temer. Solicitou a realização de um banquete para a ocasião e, claro, rega-bofe pago por nós, pobres mortais espectadores da festa-baile nacional. Fora Dilma.

TVE tem novidade na cobertura do futebol de MS
VÍDEO MONITORAMENTO - Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Dourados instaura Inquérito Civil para investigar eventual irregularida...
Só Corumbá terá Carnaval na televisão
MAMÃE EU QUERO – Procura-se o responsável pelo apoio midiático e discriminatório do governo do Estado. Apenas a Festa de Momo, de Corumbá, foi privil...
Proposta do Grupo Zahran é notícia em Goiás
BABADO GRANDE – Fevereiro começou com grande bomba em Goiás, com os rumores sobre a venda da mais antiga empresa de comunicação local. O Grupo Jaime ...
Os bloquinhos e a cobertura local
BLOCO DE ANOTAÇÕES - Semana que antecede o Carnaval e as apresentações de blocos foram alvos de matéria na maioria das redes de TVs nacionais. Sábado...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions