ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 25º

De olho na TV

Nada de Copa Centro-Oeste

Por Reinaldo Rosa | 19/11/2018 16:00

AMÉM – ‘Copa do Nordeste’ reúne as maiores torcidas para o campeonato de futebol local; com as bênçãos da CBF. A sonhada ‘Copa Centro-Oeste’ (ou com outra denominação) segundo uns cartolas de Mato Grosso do Sul “não tem –nem teria- autorização da mesma Confederação Brasileira de Futebol”. Força política é isso aí.

FALANDO NISSO – A profusão de atrações jornalísticas no rádio de Campo Grande não determina o esperado espaço para o esporte local. Alguns minutos fixos nos informativos não fariam mal a ninguém. Cronistas com boas pautas não faltam.

MIREM-SE NO EXEMPLO – Programa esportivo vespertino da Capital FM vai bem obrigado. Desafiando nariz torto de quem não acreditava no ibope da atração mostrou que vio para ficar.

Os INFILTRADOS – Chico Buarque, Hermeto Paschoal, Almir Sater e Renato Teixeira são alguns dos ganhadores do Grammy; mesmo defenestrados pelas rádios do país. Ou, talvez por isso foram premiados. Anitta ficou de fora. Nada a opôr.

REVIVAL – Anos 60, 70, 80 e 90 invadiram emissoras de rádios de Mato Grosso do Sul também. Programa ‘Flash Back’, na ‘Amanda FM’, de Amambai, virou campeã de audiência na cidade e região de fronteira.

NADA MAU – Radialista Pereira Guedes (ex-Educação Rural, de Campo Grande), rindo à toa; aumentou grade de anunciantes. Rendeu-se aos argumentos do fiel radialista Fonseca Jr quanto à mudança de programação no horário a partir das cinco horas.

SÓ TOCA TOP – Procedente de Caarapó, a apresentadora Rosângela Vieira dá continuidade à execução das antigas no período das tardes da Amanda FM. Músicas internacionais entram no mix ‘xis tudo’ e divide espaço com as sertanejas de bom gosto.

VAI VENDO – Deputada Rosinha da Adefal (Avante-AL) propôs “a eliminação de qualquer conteúdo sobre o funcionamento do aparelho reprodutivo em sala de aula. Não se pode falar, sequer, em masturbação. Tema inadequado para adolescentes”. É mole? Pode?

VAI VENDO II - A TV Globo e a GloboNews foram proibidas de noticiar quaisquer informações a respeito do inquérito policial que investiga os assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista, Anderson Gomes, em 14 de março.

SEGREDO - O veto foi feito pelo juiz Gustavo Gomes Kalil, da 4ª Vara Criminal do Rio de Janeiro. A emissora vai recorrer. Na sentença, Kalil afirma que o "vazamento do conteúdo dos autos é deveras prejudicial, pois expõe dados pessoais das testemunhas”. Com Notícias da TV.