A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


30/12/2016 11:19

Programação especial da TVE exalta ícones culturais

Reinaldo Rosa

DOIS A DOIS – Vai até dia 2 de fevereiro a programação da TVE em homenagem a Manoel de Barros, Maria Glória Sá Rosa e Geraldo Roca. Produções fazem parte do mix composto de musicais, shows, jornalismo e documentário da emissora do Governo do Estado.

30 HORAS – Parte de 30 horas de produções regionais da TVE focaliza entrevista inédita com a professora Maria Glória Sá Rosa, no programa ‘Auditório’. Entrevista de Geraldo Roca ao ‘Roda Viva MS’ é documento imperdível a interessados no som prata da casa.

NA MEMÓRIA – A ‘Memória do Telejornalismo Regional’ – produção da EPTV (SP) – repercute depoimentos de jornalistas da rede Globo como Heraldo Pereira, Nelson Araújo e Ilze Scamparini. A retrospectiva 2016 da TVE exibe shows especiais com bandas e grupos que marcaram a cena cultural de MS.

NO QUINTAL – Poeta Manoel de Barros tem parte de sua história detalhada em programa antológico que sai dos arquivos para reprise imperdível. Para Bosco Martins, diretor-presidente da TVE, “esta atração não poderia ficar de fora da programação especial”.

BALANÇO – A emissora reflete o atual momento da produção cultural do Estado, mostrando panorama real numa fusão que forma o todo da cultura local. Parceria com a TV Cultura (SP) é voltada para crianças com a nova temporada da ‘Vila Sésamo’.

PRATAS DA CASA – Um dos mais antigos itens do rádio local, ‘A hora do Chamamé’ está na relação do ‘Especial fim de ano’ da TVE. ‘Especial Geraldo Espíndola e Marcelo Loureiro’, ‘Delinha Sinfônico’ e ‘Descendo o sarrafo’ também estão no mesmo cardápio da emissora.

RETRÔ – “Queda da presidente Dilma Rousseff, turbulências no novo governo, crise econômica, falência de alguns estados, corrupção e eleições. O ano bem complicado para o jornalismo. E o cenário de turbulência política dá sinais que continuará em 2017”, segundo Diogo Mendes, no Uol.

RETRÔ II – A TV aberta acusou o golpe do momento econômico pelo qual o país passa. Algumas atrações se destacaram e destaque para profissionais como Raul Gil, Leda Nagle e Brito Jr.; foram desligados de suas emissoras. Jô Soares se despediu de seu programa nas noites da Globo.

RETRÔ III – A programação esportiva foi dominada pela cobertura dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. O mundo dos esportes ficou abalado com o acidente envolvendo a delegação da Chapecoense. O país se despediu de um de seus maiores cantores, Cauby Peixoto, e acompanhou a tragédia com o ator de ‘Velho Chico’, Domingos Montagner.

BYE BYE 2016 – O que deu de errado para você neste ano é porque foi tentado. Perseguir – e traçar- objetivos é o melhor sintoma de que estamos vivos. Viva o hoje como se não houvesse amanhã. Este ano serviu de rascunho para fazermos 2017 bem melhor. Boas Festas. Reaja Brasil.

Programa resgata causos do futebol regional
CONTA OUTRA – O futebol sul-mato-grossense – graças a alguns – vive na história do torcedor local. Jogadores, dirigentes e técnicos estão no ‘Conto d...
Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions