A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Março de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


28/12/2016 10:27

Temporada de férias reduz produção jornalística na TV

Reinaldo Rosa

COMPASSO DE ESPERA – Temporada de férias anuncia baixa produção do jornalismo televisivo. Balanços na atividade de alguns personagens de poderes constituídos fazem a mescla das entrevistas. Nem sempre empolgantes ao gosto do espectador.

LÁ E CÁ – Cronistas esportivos paulistas reclamam da longa duração do campeonato de futebol de 'Sampa'; quatro meses. Em Mato Grosso do Sul a disputa é feita em dois meses e a crônica esportiva local contesta o pouco tempo de trabalho de transmissões. Entenda quem puder.

LUTO – Sempre tive boas práticas profissionais com Nicodemos de Alencar, o Nico, como era tratado. Afável e de opiniões marcantes, era fã da coluna e dava dicas sobre o que via e ouvia na comunicação local. Surpreendeu o relato de notícias sobre sua trágica morte.

NA LUTA – A temporada de férias não criará alterações nas rádios de Mato Grosso do Sul. Aproximadamente 100 emissoras continuarão a receber as edições dos boletins produzidos pela equipe da comunicação do governo estadual.

NA MESMA – Audiência não será tema de preocupação na TV Interativa, de Campo Grande. Band (SP) manterá engessamento da programação com manutenção das mensagens da Igreja Internacional da Graça no horário nobre. Retransmissoras conformam-se com a situação.

TRANSFER – Rede MS terá muito trabalho pela frente, em 2017. A Rede Record (SP) ainda não tem nada projetado para a nova programação (entre março e abril). Horário nobre – de segunda a sexta-feira – bem como tardes de sábado são os principais desafios da emissora.

RODAPÉ DE JORNAL – Na direção do ‘Jornal Nacional’, Willian Bonner amenizou notícia sobre o governo Temer. Tratou como simples cancelamento de licitação do cardápio a ser servido no avião presidencial.

LISTA DO PROCON – Lauro Jardim, de ‘O Globo’, deu pistas do fino paladar do pai de Michelzinho. Sal do Himalaia, “aquele rosa”, consumiria R$ 1.600,00, segundo o jornalista. Destaque para o Nutella a R$ 34,00; no mercado é encontrado por R$ 17,90.

MARILYN – ‘Depois do amor’, comédia romântica retorna ao ano de 1962 e aos bastidores do filme ‘Something’s got to give’, produção estrelada por Marilyn Monroe. Danielle Winits e André Gonçalves estão na peça que marcou o último trabalho de direção de Marília Pera. Dias 28 e 29 de janeiro no Glauce Rocha. Produção de Pedro Silva e Jamelão

Radiojornalismo parado no tempo e no espaço
VERDADE DE CADA UM – Radiojornalismo de Campo Grande parou no tempo e espaço; grade criada – há tempos por alguns – não abandona a rotina. Loucos por...
Mudança da faixa AM para FM agita mercado radiofônico
MUNDO PEQUENO – Com o ‘estreitamento do mundo’ pela internet, sucessores de rádio de Campo Grande dirigem a emissora a partir de cidade americana. Mo...
MS no Rádio ajuda emissoras na cobertura oficial
NAS ONDAS DO RÁDIO – O projeto ‘MS no Rádio’ – com estúdio sediado na Secom (Subsecretaria de Comunicação) – divulga ações e serviços do Governo do E...
Diploma não supera talento do pessoal 'das antigas'
VEJA BEM – Maioria esmagadora dos comunicadores do Brasil surgiu em consequência do puro – e reconhecido – talento de quem se atirava na comunicação....



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions