A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


06/06/2014 10:48

Teoria da conspiração de Bernal

Reinaldo Rosa

IN DÚBIO PRO REO – No espaço reservado a partidos políticos na TV e rádio, Alcides Bernal, ainda, tenta convencer de que foi vítima de adversários. Integrantes do PP disputam a tapas a direção da sigla e, enquanto a direção nacional não se manifesta de forma definitiva, o ex-chefe do Executivo da capital destila sua tese conspiratória.

PADRÃO FIFA - Cronistas esportivos do Estado desdobram-se -com talento- para manter programas da crônica no ar. Após discurso de posse de mais um período à frente dos incertos destinos do futebol estadual, o presidente da FFMS prepara-se para o estafante compromisso de assistir aos jogos da Copa Fifa. Vida cruel.

PODRÃO COPA – Notícia sem repercussão na crônica esportiva informa sobre o périplo de times do futebol guaicuru. O Cene, campeão estadual por seis vezes, ameaça ficar fora de disputas futuras por falta de patrocínio. Apoios dirigidos à entidade que congrega participantes das competições são tentáculos que não alcançam protagonistas que ralam e rolam nos campos.

FAZER O QUÊ - Presidente do Sindicato dos Radialistas raciocina que a liberdade de expressão concede o direito a que pessoas sem formação em comunicação ocupem espaço em emissoras de rádio e televisão. Basta arcar com os custos. Simples assim.

ANULE - Privilegiados detentores de mandatos valem-se do dinheiro público para marcar seus nomes, durante os anos que antecedem campanhas eleitorais no rádio e TV. Graças a insípida legislação eleitoral, somente às vésperas do pleito os protagonistas inquilinos têm de sair do ar. A hora está chegando. Quem aproveitou, aproveitou.

TRANSFERE – Resultado de trabalhos comunitários, alguns eleitos mantêm o pessoal linguajar que os caracteriza. À frente de microfones no espaço locado em emissoras de rádio, a despreocupação com o idioma continua e fica por isso mesmo. A qualidade que interfere na imagem da emissora é trocada por uns reais a mais e ponto. Simples assim.

BEM NA HORA - Espécie de arma de extinção em massa da cultura, avançados celulares com seus aplicativos tomaram lugar de livros e outros meios educacionais. Contatos imediatos de primeiro grau por meio do wathsapp são feitos com pequena parcela útil do que a engenhoca proporciona. Músicas (de gosto duvidoso) se sobrepõem a noticiosos. E assim caminha a juventude.

O QUE VER - Os novos programas lançados pela TV Brasil Pantanal merecem maior destaque por parte de quem procura opções televisivas de qualidade. O pacote de atrações voltadas ao áudio visual tem proposta de exibir o que é feito de melhor por profissionais ligados no registro de acontecimentos locais. Sintonia merecida.

Comércio local fora do horário nobre
DE BRISA – TV Morena continua com tabela de preços discricionária em sua grade publicitária. No horário nobre não existe veiculação significativa de ...
TVE tem novidade na cobertura do futebol de MS
VÍDEO MONITORAMENTO - Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Dourados instaura Inquérito Civil para investigar eventual irregularida...
Só Corumbá terá Carnaval na televisão
MAMÃE EU QUERO – Procura-se o responsável pelo apoio midiático e discriminatório do governo do Estado. Apenas a Festa de Momo, de Corumbá, foi privil...
Proposta do Grupo Zahran é notícia em Goiás
BABADO GRANDE – Fevereiro começou com grande bomba em Goiás, com os rumores sobre a venda da mais antiga empresa de comunicação local. O Grupo Jaime ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions