ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEXTA  19    CAMPO GRANDE 27º

Momento Saúde Bucal

Dicas para manter os implantes dentários saudáveis

Por Marco Polo Siebra (*) | 29/05/2024 15:33

A longevidade dos implantes dentários é uma preocupação central tanto para os profissionais da odontologia quanto para os pacientes. Para garantir que um implante dure na boca de uma pessoa, vários fatores precisam ser considerados, desde a fase de planejamento até os cuidados pós-operatórios. Aqui estão os principais aspectos que influenciam a durabilidade dos implantes dentários:

1. Planejamento e Avaliação Inicial

- Avaliação Clínica e Radiográfica: Uma avaliação detalhada da saúde bucal e geral do paciente é crucial. Isso inclui exames clínicos, radiografias e, em alguns casos, tomografias computadorizadas para avaliar a densidade óssea e a anatomia da área a ser implantada.

- Histórico Médico: Considerar condições sistêmicas como diabetes, osteoporose, e hábitos como tabagismo, que podem afetar a osseointegração e a cicatrização.

- Planejamento Digital: O uso de tecnologias digitais para planejamento cirúrgico pode aumentar a precisão da colocação do implante, melhorando os resultados a longo prazo.

2. Procedimento Cirúrgico

- Técnica Cirúrgica: A técnica utilizada deve minimizar o trauma ao osso e aos tecidos moles. A perfuração deve ser feita com precisão para evitar superaquecimento do osso.

- Estabilidade Primária: A obtenção de uma boa estabilidade primária é essencial para a osseointegração. Isso pode ser alcançado através da escolha adequada do tipo e tamanho do implante.

- Manutenção da Esterilidade: Manter um ambiente estéril durante a cirurgia para prevenir infecções.

3. Materiais Utilizados

- Qualidade do Implante: Utilizar implantes de alta qualidade, feitos de materiais biocompatíveis como titânio ou zircônia, que são conhecidos por sua durabilidade e compatibilidade com o tecido ósseo.

- Superfície do Implante: Implantes com superfícies tratadas ou texturizadas podem promover uma melhor osseointegração.

4. Cuidados Pós-Operatórios

- Instruções ao Paciente: Fornecer instruções claras sobre cuidados pós-operatórios, incluindo higiene bucal, dieta e medicamentos.

- Monitoramento e Revisões: Agendar consultas regulares para monitorar a cicatrização e a osseointegração. Radiografias periódicas podem ser necessárias para avaliar a saúde do osso ao redor do implante.

5. Manutenção a Longo Prazo

- Higiene Bucal: Ensinar o paciente sobre a importância da higiene bucal adequada, incluindo escovação, uso de fio dental, raspador de língua e enxaguantes bucais. O uso de escovas interdentais e irrigadores orais pode ser recomendado.

- Visitas Regulares ao Dentista: Consultas regulares para limpeza profissional e avaliação do implante são essenciais para detectar e tratar precocemente qualquer problema.

- Controle de Hábitos: Aconselhar o paciente a evitar hábitos prejudiciais como fumar, que pode comprometer a saúde do implante e do osso ao redor.

6. Fatores Biológicos e Sistêmicos

- Saúde Sistêmica: Manter condições sistêmicas sob controle, como diabetes, que podem afetar a cicatrização e a saúde óssea.

- Qualidade Óssea: A densidade e a qualidade do osso no local do implante são cruciais. Em casos de deficiência óssea, procedimentos de enxerto ósseo podem ser necessários.

Conclusão

A durabilidade de um implante dentário depende de uma combinação de fatores que vão desde o planejamento inicial até os cuidados a longo prazo. Como especialista em reabilitação oral, implantes e próteses, minha expertise é fundamental para garantir que cada etapa do processo seja realizada com precisão e cuidado. A educação do paciente e o acompanhamento contínuo são igualmente importantes para o sucesso a longo prazo dos implantes dentários.

Se tiver mais alguma dúvida ou precisar de mais informações, estou à disposição para ajudar! Me manda um direct no meu Instagram @marcopolosiebra que terei o maior prazer em te ajudar.

Um forte abraço até o próximo vídeo.

(*) Marco Polo Siebra é odontólogo há mais de 30 anos, Especialista em: Prótese Dentária; Odontogeriatria; Implantodontia. É Master Coach Pela FEBRACIS (Federação brasileira de Coaching Integral Sistêmico), Ministrante dos Cursos: Pode da Ação; Poder e Alta Performance; Jeito de Viver Família; Educar, Amar e Dar limites; Decifre e Influencie Pessoas; Coach de Carreira; Analista de Perfil Comportamental; Processo de Coaching Individual; Processo de Coaching em Grupo; Especialista em “Neurociência e Performance Humana” na Faculdade FEBRACIS; Presidente da Liga de Neurociência da Febracis Pós-graduações; Coordenador de um Grupo de Apoio para familiares e cuidadores de pessoas com Alzheimer. Hoje tem como principal missão e propósito de vida impactar e transformar pessoas de forma que concretizem seus sonhos e objetivos em todas as áreas da vida.

Nos siga no Google Notícias