A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Julho de 2019

17/06/2019 14:08

Azeite fabricado clandestinamente em SP é encontrado em mercado da Capital

Flagrante enviado por leitor ao Campo Grande News aponta que produto envolvido em esquema de fraude é vendido na cidade

Humberto Marques
Azeite encontrado em fábrica clandestina pela polícia tem unidades comercializada em outros Estados, conforme a polícia paulista. (Foto: Direto das Ruas)Azeite encontrado em fábrica clandestina pela polícia tem unidades comercializada em outros Estados, conforme a polícia paulista. (Foto: Direto das Ruas)

A descoberta de uma fábrica clandestina de azeite de oliva na zona leste de São Paulo pode ter implicações no mercado sul-mato-grossense. A ação, ocorrida em 11 de junho, culminou na apreensão de 40 mil litros de óleo vegetal e 15 mil frascos do produto, além de tampas e rótulos de, pelo menos, quatro marcas que teriam sido criadas pelos supostos golpistas para dar vazão ao azeite –que, entre seus componentes, usava óleo lampante, substância que pode causar problemas à saúde se consumida indevidamente.

Uma das marcas criadas pelo grupo de falsários foi encontrada em um supermercado da periferia de Campo Grande, conforme denúncia de leitor encaminhada à reportagem. A Polícia Civil paulista confirmou a prisão de uma pessoa e a continuidade das investigações, reconhecendo ainda ter notícias de que unidades do produto foram encontradas em grandes redes de mercados em outros Estados.

O exemplar do azeite, da marca Quinta D’Ouro, foi fotografado e teve mensagem enviada ao Campo Grande –que contatou a rede varejista para obter detalhes sobre a aquisição, não obtendo detalhes até a veiculação desta reportagem. O rótulo foi um dos identificados no esquema sob investigação em São Paulo, ao lado de frascos com as marcas Olivais do Porto, Quinta Lusitana e Évora, que informavam se tratar de produto do tipo extra-virgem e fabricado em Portugal.

Todos os produtos tinham a mesma embalagem, tendo a rotulagem alterada conforme a vontade dos fabricantes. A operação ocorreu em um galpão na Vila Califórnia, em meio a apurações sobre roubo de cargas de azeite. Ao seguirem um caminhão de entregas, os investigadores descobriram um esquema de envase do produto, com direito a maquinário industrial.

Máquina de envase, tonéis e garrafas já rotuladas foram encontrados em depósito na Vila Califórnia. (Foto: Polícia Civil de São Paulo)Máquina de envase, tonéis e garrafas já rotuladas foram encontrados em depósito na Vila Califórnia. (Foto: Polícia Civil de São Paulo)

Tonéis armazenavam os produtos, sendo identificados óleos vegetais, aromatizantes e o óleo lampante, fabricado a partir de azeitonas de pior qualidade e que não é considerado apropriado ao consumo humano.

Em entrevista ao G1, o delegado Milton Burgese de Oliveira confirmou que as marcas foram inventadas, com os rótulos sendo criados aleatoriamente, mas sempre com um mesmo produto. As apurações buscam os distribuidores da mercadoria. A Polícia Civil de São Paulo informou, ainda, que notificaria a Vigilância Sanitária sobre a fraude, para que os produtos fossem retirados de circulação.

Direto das Ruas – A informação/sugestão/foto/vídeo chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Fiscalização retira de supermercados marca reprovada de azeite de oliva
O azeite Conde de Torres, da empresa Ali Import Importação e Exportação, será recolhido de mercados e supermercados de Mato Grosso do Sul. Ele deve t...
Sete marcas de azeite reprovadas em fiscalização são vendidas na Capital
Ao menos sete marcas de azeite, reprovadas durante fiscalização do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), continuam a venda em s...
Fabricante de azeite retirado de mercados diz que foi cerceada em contraprova
Uma das marcas de azeite retiradas de supermercados do Estado, a Malaguenza informa que o laudo apresentado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilânc...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions