A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

14/06/2017 13:37

Lixo se acumula em área dois meses após mudança de favela

Taynara Menezes
Entulhos tomam conta da área (Foto: Direto das Ruas)Entulhos tomam conta da área (Foto: Direto das Ruas)

Dois meses após famílias deixarem a favela Cidade dos Anjos e se mudarem para residencial no Jardim Canguru, os restos das moradias irregulares permanecem no local, evidenciando a sujeira e incomodando vizinhos da região.

As casas no Jardim das Hortências não contavam com rede de saneamento básico e o esgoto passava pelos barracos e ruas. Hoje o cenário é de lixo acumulado e riscos de animais peçonhentos, além da proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Um leitor, que prefere não se identificar, relata que depois que as famílias se mudaram os barracos foram derrubados e deixados por lá. Como a área não é cercada, algumas pessoas têm despejando restos de materiais de construção, móveis, podas de árvores e até colocando fogo no lixo que se acumula.

A assessoria da Prefeitura informou que o caso será passado para a Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), para que sejam tomadas as devidas providências. Quem flagrar cenas como essa, também pode denunciar à Ouvidoria da Secretaria Municipal de Saúde, através do telefone 3314-3012.

Direto das Ruas - A sugestão acima foi feita por leitor, via aplicativo WhatsApp pelo canal Direto das Ruas, um meio de interação entre a redação e o leitor, por onde podem ser enviados flagrantes, sugestões de matérias, notícias, fotos, áudios e vídeos. Seja um colaborador via WhatsApp pelos números (67) 99687-7598 ou (67) 99955-2040.

Até sofá jogado em área de antiga favela. (Foto: Direto das Ruas)Até sofá jogado em área de antiga favela. (Foto: Direto das Ruas)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions