A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

23/01/2018 14:49

Nem as praças públicas se livram de matagal e sujeira na Capital

Dois espaços públicos em bairros distintos se encontram na mesma situação

Taynara Menezes
Praça Vitorino Nunes de Oliveira, na Vila Manoel Taveira (Foto: Direto das ruas)Praça Vitorino Nunes de Oliveira, na Vila Manoel Taveira (Foto: Direto das ruas)

O que deveria ser uma área de lazer para o bairro, está se tornando mais um motivo de preocupação para os moradores. Além dos terrenos baldios espalhados por todos os cantos da cidade, nem as praças públicas se livram do mato alto e sujeira, reclamam moradores dos bairros Manoel Taveira e Jardim Panamá.

A Praça Vitorino Nunes de Oliveira, localizada no Manoel Taveira, que foi revitalizada em outubro de 2016, hoje se encontra bem diferente da época, a área esta tomada de mato e sujeira, os bancos, quadras, academia ao ar livre e o “parquinho” perdem espaço para o matagal, que para a vizinhança já é contraste do cenário de abandono.

De acordo com a auxiliar administrativa, Luana Olvelar, 24 anos, há aproximadamente 3 meses a praça está sem nenhuma manutenção, sem iniciativa do poder público os próprios moradores tentam amenizar o problema por conta própria.

“Os moradores estão tentando manter alguns pontos limpos, porque tem muita criança na região, temos medo, por mais que ainda não tenha aparecido bichos, é um risco, tá bem complicado” desabafa Luana.

Praça no Jardim Panamá (Foto: Direto das ruas)Praça no Jardim Panamá (Foto: Direto das ruas)

No Jardim Panamá, a situação não é diferente, a praça do bairro localizada na rua Sagarana, esta abandonada há cerca de 6 meses, além da vizinhança perder o espaço de lazer para o mato e sujeira, o ambiente atrai animais peçonhentos e serve de esconderijo para usuários de drogas.

Roselene Tutes, de 43 anos, que mora em frente ao local, conta que vários vizinhos já receberam “visitas” indesejadas de bichos nas casas e a preocupação é a mesma, com as crianças da região.

“Já apareceu escorpião na minha casa e alguns vizinhos, quando da 17h vira um ponto de droga. Ainda temos uma moradora que varre para as crianças brincarem debaixo de uma árvore mas é perigoso”, relata Roselene.

Segundo ela, os moradores chegaram a fazer denúncias sobre a segurança do bairro e a sujeira, porém, só durante uma semana houve rondas pelo bairro,e em relação ao abandono não tiveram resposta.

Em contato com a Assessoria da Prefeitura, a Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), nos informou que já está na programação a limpeza das duas praças e que será realizada ainda neste mês. 

Direto das Ruas - A sugestão de matéria chegou ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions