ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  30    CAMPO GRANDE 24º

Direto das Ruas

Poeira preta de siderúrgica atormenta moradores de Aquidauana

A vizinhança se queixa da sujeira que é "jogada" dentro de suas casas diariamente, resultado das operações da fábrica

Por Giovana Martini | 26/10/2020 09:29



Moradores das proximidades de uma siderúrgica de Aquidauana, a 135 km de Campo Grande, reclamam da sujeira provocada pela fábrica. Os resíduos entram todos os dias nas residências.

Leitora, que preferiu não se identificar, que morava próximo de uma das sedes da fábrica, a Simasul, até que a situação se tornou insustentável.

“Tive que me mudar da região porque não aguentava mais, foram quatro anos de poeira que além de sujeira causou problemas de saúde pra minha família”, disse a moradora.

Outro que expressou sua indignação foi Roberto Almeida, que enviou seu caso pelo Direto das Ruas, com imagens da grossa camada de carvão que adentra sua residência todos os dias.

“A empresa já existe há 20 anos, mas nos últimos a poluição tem sido maior, eles aumentaram a produção”, conta o servidor público, de 49 anos. “Estamos movendo ações contra empresa, são pelo menos 50 casas afetadas por isso todo dia”.

Questionada sobre o assunto, a Prefeitura de Aquidauana respondeu que a situação já foi encaminhada ao setor jurídico do órgão, para dar início as medidas cabíveis a serem tomadas. Procuramos também pela Simasul, mas não houve retorno até a publicação desta matéria.

Direto das Ruas - A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário