A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

30/03/2017 13:49

"Quero ver se a carne aqui é melhor do que a de Mato Grosso", diz ministro

Paulo Nonato de Souza
Ao lado do governador Reinaldo Azambuja, ministro da Agricultura, Blairo Maggi, degusta carne sul-mato-grossense na churrascaria em Campo Grande (Foto: André Bittar)Ao lado do governador Reinaldo Azambuja, ministro da Agricultura, Blairo Maggi, degusta carne sul-mato-grossense na churrascaria em Campo Grande (Foto: André Bittar)

“Agora vou experimentar a carne sul-mato-grossense só para ver se a carne daqui de Campo Grande é melhor do que a carne lá de Cuiabá, no Mato Grosso”, disse bem-humorado o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o mato-grossense Blairo Maggi, ao chegar há pouco na churrascaria Bezerro de Ouro, no bairro Chácara Cachoeira, onde ele almoça com sua comitiva antes de iniciar sua agenda oficial, que inclui a inauguração do Laboratório de Biossegurança Pecuária, na sede da Embrapa Gado de Corte, às 14h30, e a abertura da 79ª Expogrande, às 19h30.

A ideia de almoçar em uma churrascaria é estratégica. Mato Grosso do Sul é um dos principais produtores de carnes do Brasil, com grande participação no mercado interno e também no volume de exportação, e o gesto do ministro reforça sua tese de que a Operação Carne Fraca, lançada no dia 17 deste mês pela Polícia Federal, tem a ver com desvio de conduta e com a qualidade da carne.

“O Brasil tem uma carne de excelente qualidade, e Mato Grosso do Sul tem uma larga experiência nessa área, aqui nasceram vários programas importantes de apoio a um produto de alto nível, como o Novilho Precoce, há 20 ou 30 anos atrás, e isso tem que ser respeitado”, comentou o ministro.

O ministro Blairo Maggi ao lado de um espeto de ponta de peito. Mato Grosso do Sul tem larga experiência em qualidade da carne, disse ele (Foto: André Bittar)O ministro Blairo Maggi ao lado de um espeto de ponta de peito. "Mato Grosso do Sul tem larga experiência em qualidade da carne", disse ele (Foto: André Bittar)

Outro aspecto importante é o cardápio da churrascaria escolhida em Campo Grande, onde foram reservadas duas mesas e o total de 56 lugares para atender a comitiva do ministro. A Bezerro de Ouro tem o frigorífico Friboi como um de seus principais fornecedores.

“Além do Friboi, o Naturafrig, de Rochedo, também é nosso fornecedor há muitos anos. A carne é boa, é um produto de confiança, nada a ver com essa imagem que estão fazendo”, disse Paulo Pereira, da Bezerro de Ouro, em entrevista ao Campo Grande News.

Depois de almoçar, o ministro seguirá para a sede da Embrapa Gado de Corte, dará entrevista coletiva às 15h30. No final da tarde, ele terá um encontro com lideranças da cadeia produtiva da carne logo depois da sua chegada ao recinto da Expogrande, no Parque de Exposições Laucídio Coelho, por volta de 17h.

Histórico - A Operação Carne Fraca lançada para investigar crimes de corrupção e extorsão que teriam sido cometidos por fiscais do Ministério da Agricultura envolveu 21 frigoríficos em todo o Brasil, nenhum de Mato Grosso do Sul faz parte da lista. Em todo o país são cerca de cinco mil unidades produtoras de carne.

Ministro Blairo Maggi tirando onda de garçom durante o almoço na churrascaria em Campo Grande (Foto: André Bittar)Ministro Blairo Maggi tirando onda de garçom durante o almoço na churrascaria em Campo Grande (Foto: André Bittar)



Pra que vir 56 pessoas com o ministro?? É só pra gastar dinheiro público mesmo..
Isso é o Brasil..
 
Juliana Taveira em 30/03/2017 16:05:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions