A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/03/2008 14:45

Aneel mantêm para amanhã audiência sofre tarifa em MS

Redação

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) disse não à recomendação do MPF (Ministério Público Federal) para que adiasse a realização da audiência pública marcada para amanhã, para discutir a proposta de revisão tarifária da Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul). O percentual sugerido pela Aneel é de redução de 18,3% nas tarifas, já incluindo o desconto dos valores que a empresa têm de devolver aos consumidores, pela cobrança à mais referente à revisão de 2003. O MPF fez o pedido com base nos mesmos argumentos que já haviam sido usados pelo Concen (Conselho de Consumidores da Enersul), quando tentou na Justiça Federal  suspender a audiência desta quinta-feira, alegando que a agência sonegou informações acerca do processo.

Tanto o MPF quanto o Conselho de Consumidores afirmam que não tiveram acesso a documentos que são importantes para definir a revisão tarifária da Enersul. A recomposição é feita a cada cinco anos, conforme o contrato de privatização do sistema elétrico. Além dessa revisão, existem os reajustes anuais, que não são concedidos nos anos em que é feita a recomposição.

A revisão deste ano é a segunda da Enersul. A primeira, que teve um aumento final de 51%, foi polêmica e resultou em uma ação que corre até hoje na Justiça Federal, em que o MPF questiona o percentual, e na admissão pela Aneel, no ano passado, de que o índice foi concedido com base em informações erradas dadas pela empresa. Por conta disso, a Enersul teve que reduzir a tarifa em 4% e ainda terá de devolver aos consumidores o valores pagos a mais, que totalizam R$ 192 milhões. A forma de devolução será definida junto com o processo de revisão deste ano, que será definido até 8 de abril.

A Aneel informou por meio da assessoria de imprensa que não atendeu à recomendação do MPF pelo mesmo motivo alegado à Justiça, quando foi negado o pedido do Conselho de Consumidores. A agência diz que os dados requisitados estão disponíveis no site oficial, o www.aneel.gov.br.

Audiência

Idec alerta para tentativa de fraudes após acordo sobre planos econômicos
Pouco mais de 48 horas depois de oficializada a assinatura do acordo entre a Advocacia-Geral da União (AGU), representantes de bancos e associações d...
Dólar fecha no maior valor em 5 meses após adiamento da reforma da Previdência
Em um dia de tensões no mercado de câmbio, o dólar fechou no maior valor em quase seis meses. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (14) vendi...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions