A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

05/06/2018 17:19

Audiência discute obra de linhão de R$ 323 milhões entre a Capital e Dourados

Linha de transmissão de energia vai cortar cinco municípios do Estado ao longo de 400 quilômetros e pode gerar mais de mil empregos

Humberto Marques

Acontece às 19h desta quarta-feira (6), no Hotel Jandaia, Centro de Campo Grande, audiência pública sobre a construção de uma linha de transmissão de 230 Kv (quilovolts), com aproximadamente 400 quilômetros, que cortará, além da Capital, mais quatro municípios do Estado –Dourados, Rio Brilhante, Nova Alvorada do Sul e Terenos. Os debates subsidiarão os órgãos competentes sobre a concessão da licença ambiental.

A obra deve ser executada pela Neoenergia, uma empresa do grupo espanhol Iberdrola que atua em 16 Estados e que controla quatro distribuidoras –entre elas a Elektro, que atende a municípios no Bolsão. A expectativa é de iniciar o empreendimento em 2019 e o concluir em 2012, gerando no período mil empregos.

Na audiência, serão apresentados resultados dos estudos sobre impactos ambientais e sociais do linhão, como exigem resoluções do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente) e Semade (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico). O Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) trará detalhes sobre o relatório de impacto ambiental dos cinco trechos que compõem a linha de transmissão.

Serão avaliados impactos negativos e positivos, medidas mitigadoras e compensatórias e programas ambientais. Depois, serão abertos debates quanto a questionamentos, sugestões e opiniões.

Também serão apresentados os impactos negativos e positivos, as medidas mitigadoras e compensatórias e os programas ambientais propostos. Logo após, será aberta a sessão de debates, quando os participantes poderão fazer perguntas sugestões e opiniões. A audiência subsidiará a decisão quanto ao licenciamento ambiental.

Interessados em participar do debate terão à disposição transporte gratuito a partir da Prefeitura de Campo Grande até o Jandaia, no cruzamento das ruas 13 de Maio e Barão do Rio Branco.

Governo estuda redução de preços de combustíveis e energia, diz Temer
Com valor nacional em torno de R$ 4, o preço do litro da gasolina pode ser reduzido em todo o país, assim como dos demais combustíveis ainda este sem...
Infraestrutura de MS se fortalece com linhão de 230 kV e eixos de transporte
Buscando a diversificação da economia de Mato Grosso do Sul, uma das prioridades tem sido a implantação de infraestrutura para atrair e estimular os ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions