A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

01/03/2013 20:55

Balança comercial fecha fevereiro com déficit de US$ 1,276 bilhão

Mariana Branco, da Agência Brasil

A balança comercial brasileira fechou fevereiro com déficit de US$ 1,276 bilhão, pior resultado para o mês desde o início da série histórica. Anteriormente, o resultado mais fraco havia sido déficit de US$ 1,1 bilhão em fevereiro de 1997.

As aquisições do Brasil ficaram em US$ 16,827 bilhões contra US$ 15,551 bilhões em vendas externas. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (1) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). A série histórica usada para comparação é do Banco Central e começou em 1959.

As exportações recuaram 8,9% em comparação fevereiro de 2012 e cresceram 19% na comparação com mês passado, levando em conta a média diária das vendas externas. As importações cresceram 8,8% na comparação com fevereiro do ano passado e registraram elevação de 2,8% na comparação com janeiro deste ano. As vendas externas recuaram em função da queda no comércio de produtos manufaturados e semimanufaturados, pois as exportações de básicos ficaram estáveis.

De acordo com dados do MDIC, as vendas de manufaturados recuaram 14,4%, principalmente em função de óleos combustíveis, máquinas para terraplanagem, motores e geradores elétricos e automóveis de passageiros, entre outros.

No grupo dos semimanufaturados, cujo desempenho global recuou 17%, tiveram retração as vendas de óleo de soja bruto, ferro fundido, alumínio bruto, semimanufaturados de ferro e aço e ligas de ferro. As negociações de produtos básicos tiveram recuo inexpressivo de 0,1%. Nessa categoria, caíram as vendas petróleo bruto, fumo em folhas e café em grãos, e subiram as de milho em grão, carne bovina e carne de frango na comparação anual.

O Brasil perdeu terreno em alguns dos principais mercados para onde exporta. As vendas para os Estados Unidos recuaram 25,4% em comparação fevereiro do ano passado. O comércio com a União Europeia recuou 18,3% e com o Mercosul, 17,2%, principalmente em função de queda de 20% nas vendas para a Argentina. Por outro lado, cresceram as exportações para o Oriente Médio (30,2%), Europa Oriental (22,2%) e Ásia (10,7%, com aumento de 2,3% nas vendas do Brasil para a China).

Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o p...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...
Dólar sobe 1% e fecha quinta-feira cotado acima dos R$ 3,70
O dólar fechou a quinta-feira (18) cotado acima dos R$ 3,70. A moeda subiu 1,16%, atingindo R$ 3,7250. O Índice Bovespa (Bolsa de Valores de São Paul...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions