A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

15/10/2017 18:12

Combustíveis sobem cinco vezes acima da inflação em Campo Grande

Etanol ficou 12,5% mais caro no intervalo de um ano na Capital

Osvaldo Júnior
Abastecer está muito mais caro em Campo Grande (Foto: Divulgação/Petrobras)Abastecer está muito mais caro em Campo Grande (Foto: Divulgação/Petrobras)

Apesar de leve recuo na semana passada, os preços dos combustíveis subiram em um ano até cinco vezes mais que a inflação acumulada em Campo Grande. Conforme a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o preço médio do etanol aumentou 12,56% neste mês na comparação com outubro do ano passado.

O consumidor de Campo Grande está pagando, atualmente, a média R$ 3,082 pelo litro do etanol. Em igual período de 2016, o custo era de R$ 2,738.

A variação do preço do combustível, de 12,56%, é o quíntuplo da alta do IPC (Índice de Preços ao Consumidor de Campo Grande), calculado pelo Nepes (Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais), da Uniderp. A inflação, acumulada na Capital, em 12 meses, é de 2,43%.

A majoração do etanol é superior à da gasolina. No entanto, esse segundo combustível também encareceu significativamente: 10,45%, de R$ 3,33 para R$ 3,678, de outubro de 2016 a mesmo mês de 2017.

Ligeiras retrações dos últimos dias amenizaram essas altas. O preço médio da gasolina recuou 2,1% (de R$ 3,757 para R$ 3,72) e o do etanol, 1,18% (de R$ 3,119 para 3,082) na média da semana passada em relação à anterior.

Desvantagem – Com as altas dos preços do etanol acima dos aumentos dos valores da gasolina, o biocombustível apresenta desvantagem econômica em relação ao derivado de petróleo.

Para ser considerado vantajoso, o preço do etanol deve ser menos de 70% da da gasolina. No entanto, em Campo Grande essa equivalência está em 83,79%.

Essa situação se repete, em maior ou menor medida, em quase todo o País. Apenas em quatro capitais – Goiânia, Cuiabá, Belo Horizonte e São Paulo –, o etanol continua apresentando preço competitivo na comparação com o custo da gasolina.

Dólar fecha em queda, cotado a R$ 3,71, de olho no cenário eleitoral
O dólar fechou a sexta-feira (19) em queda com o mercado ainda acompanhando o cenário eleitoral. A moeda caiu 0,26%, vendida a R$ 3,7125. Na semana, ...
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o p...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions