A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

04/12/2017 11:09

Comércio comemora liberação do 13° do servidor no meio de dezembro

De acordo com o governo, serão R$ 1,5 bilhão em pagamentos aos servidores em 30 dias

Leonardo Rocha
Presidente da Fecomércio, Edison Araújo, concedeu entrevista na Governadoria (Foto: Chico Ribeiro - Assessoria)Presidente da Fecomércio, Edison Araújo, concedeu entrevista na Governadoria (Foto: Chico Ribeiro - Assessoria)

Representantes do setor comercial de Mato Grosso do Sul comemoraram o anúncio do governo estadual, sobre o pagamento do 13° salário dos servidores, no dia 14 de dezembro. Contando com folha referente a novembro e dezembro, serão injetados R$ 1,5 bilhão com estes pagamentos, que devem movimentar a economia local.

"Com certeza vai contribuir com o setor comercial, fazendo um aquecimento na economia em dezembro, além disto esperamos uma retomada no crescimento em um cenário mais positivo em 2018, em todo Mato Grosso do Sul", disse Edson Araújo, o presidente da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul).

Ele ainda elogiou as medidas tomadas pelo governo estadual, para garantir o calendário de pagamentos deste final do ano, que tem o depósito hoje (04), do salário de novembro, o 13° salário no dia 14 de dezembro, e o salário referente a dezembro, em 04 de janeiro.

"O governo não temeu cortar na carne, mesmo com políticas e medidas desagradáveis. Sempre alguns vão se sentir prejudicados, mas se precisa pensar no futuro do Estado como um todo, a longo prazo", destacou ele, que ainda citou que o rombo da previdência, por exemplo, já poderia ter sido avaliado no passado.

Dívidas - O presidente da Faems (Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul), Alfredo Zamlutti Júnior, ressaltou que estes recursos disponíveis aos servidores, podem ser usados para as compras e também no pagamento de dívidas. "A pessoas passa as festividades mais tranquila e em paz, sabendo que quitou as contas, também é importante".

Alfredo ponderou que muitas prefeituras do Estado estão com dificuldades (13° salários) e podem até não conseguir fazer os devidos pagamentos, em dezembro. "Muitos podem dizer que é apenas a obrigação dos gestores, mas diante das dificuldades, temos que elogiar esta ação do governo".

Evento - O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) anunciou hoje (04), no gabinete da Governadoria, o calendário de pagamento dos meses de novembro e dezembro, assim como 13° salário, em reunião com representantes dos poderes, assim como dos setores comerciais do Estado.

Ele ressaltou que o Estado vai cumprir suas obrigações, porque teve coragem de tomar "medidas impopulares" para garantir o equilíbrio das contas, como: ajuste fiscal em 2015, teto de gastos aos poderes nos próximos 10 anos, reforma administrativa, convalidação dos incentivos fiscais até 2033 e reforma da previdência.

Governador fez o anúncio do pagamento do 13° salário, em reunião no seu gabinete (Foto: Chico Ribeiro - Assessoria)Governador fez o anúncio do pagamento do 13° salário, em reunião no seu gabinete (Foto: Chico Ribeiro - Assessoria)
Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions