A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/04/2011 09:04

Consumidores farão protesto contra aumento dos preços dos combustíveis

Francisco Júnior

Protesto está agendado para acontecer no próximo dia 9

Criado no Facebook, o movimento “Na Mesma Moeda”, que protesta contra o aumento dos preços dos combustíveis, vem ganhando força em Campo Grande e já programou uma manifestação para o dia 9 na cidade.

A página do movimento na rede social já conta com mais de 1,7 mil participantes. Os manifestantes irão se reunir às 19 horas no estacionamento do Yoteddy, e lá decidirão em quais postos de combustíveis irão protestar.

De acordo com um dos organizadores da ação na Capital, Guilherme Martins, a intenção do movimento é alertar o governo federal que a população não está contente com esse aumento abusivo dos combustíveis no país. “Nós vamos escolher os postos e abastecer apenas R$0,25 de gasolina e pagar com cartão de crédito e débito”, explicou.

“Nossa intenção é atrapalhar o atendimento nos postos. Não queremos prejudicar o dono do posto, mas essa é a forma de chamar a atenção do governo. Vamos colocar nariz de palhaço, cartazes. Vamos fazer um grande buzinaço”, acrescentou.

Ainda não está definido, mas um protesto pode ser realizado neste sábado na Capital. De acordo com Guilherme, os organizadores estão analisando a possibilidade.

Vídeos postados no Youtube mostram os protestos realizados em outras cidades do país. O movimento foi criado em Goiânia (GO) e a primeira manifestação naquela cidade reuniu mais de 30 motoristas. Eles abasteceram seus veículos com R$ 0,50, e ainda exigiram nota fiscal. O posto de combustível ficou lotado e teve o atendimento paralisado.

Ontem (28) o Procon de Mato Grosso do Sul divulgou um levantamento do preços dos combustíveis no postos da Capital.

Conforme a pesquisa, no caso do álcool, o reajuste acumulado desde fevereiro chega a 20%. O preço que era de R$ 1,95 em média há 69 dias, agora é de R$ 2,34, mas pode ser encontrado até por R$ 2,49.

A gasolina comum aumentou somente em dois meses cerca de 10%, custava em média R$ 2,69 e agora está em média R$ 2,96. O valor mais alto encontrado foi de R$ 3,136. A aditivada aumentou um pouco menos, segundo o Procon - 9,5%, com o preço mais caro em R$ 3,187.

Os dados foram coletados na segunda-feira passada e mostram grande variação entre os postos.

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse ontem que tem havido abuso nos preços dos combustíveis, especialmente do etanol. Segundo ele, os preços são regulados pelo mercado, mas o governo já acionou o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Ele espera que, com o aumento da produção de etanol, os preços se regularizem nas próximas semanas.



Isso mesmo! Temos que protestar, pois o Brasil só está assim porque nos calamos diante desses abusos!
 
Yara Dosso em 02/05/2011 09:54:19
Estou de pleno acordo , ja éra sem tempo do povo brasileiro reenvindicar seus direitos assegurados na constituição!!!Temos que ter um espirito revolucionario que ocorreu na decada de 60, assim poderemos melhorar um dia este país.
 
Reinaldo Costa em 02/05/2011 04:04:19
To dentro.
Segunda que vem, abastecerei 0,25 e vou pagar no cartão de crédito.
Vou divulgar o link para mais pessoas tomarem conhecimento.
 
Alker Barni em 02/05/2011 02:58:56
Welliton o estacionamento do Yotedy fica ao lado do Parque das Nações Indígenas, na Antonio Maria Coelho. Vamos que vamos \o
Vai ser segunda à noite, das 17h às 22h, vamos fazer um esforço.
 
Katia Beatriz em 29/04/2011 12:49:10
Mto Bem! Até que enfim!!! Temos que protestar!
Realmente o preço dos combustíveis aumentou consideravelmente,NÃO devemos nos calar como sempre! Temos que participar,chega de ABUSOS!!! Parabéns pela iniciativa! Apóio e estou junto!
 
Lucia Takei em 29/04/2011 12:00:43
Gente, toda situação tem um " PANO DE FUNDO" No caso dos combustíveis, sabem qual é ? Observem que:Algum tempo, quando havaim Postos de Combustíveis, com várias Bandeiras ( TExaco, Ipiranga, Shel,cada Bandeira tinha preço diferente, ora masi caro, ora mais barato, depois que a Bandeira da Petrobrás BR, surgiu, eles iniciaram com preço abaixo dos outros, por duas razões: Uma porque podiam e podem cobrar menos, porque são da Petrobrás ( Governo), diante disto , o consumidor passou só abastecer na Bandeira BR, e os outros Postos estavam quase as moscas, sufocados eles mudaram de Bandeira, Ipiranga,Shel, TExaco, passou para BR, foi a cartada final para Petrpbrás, ou seja, a grande maioria dos Postos é BR, então a Petrobrás, começou aumentar e aumentar preços, e nós não tendo para onde corrrer, é pagar.
Solução um pouco tarde mas é a ÙNICA- DEIXAR DE ABASTECER NOS POSTOS BR, assim eles vão ficar com estoque encalhado, e ser obrigado abaixar as calças.
SEnhores a atitude da Petrobrás, foi planejada, para chegar neste resultado ,de quase exclusividade, para Nós ficarmos " presos " a eles, claro se posto só BR, BR, abastecer aonde? Então a nossa saída, única é esta, BLOQUEAR Abastecimento em postos BR, PEnsem a nível Nacional isto? Sentiram na pele como estamos sentindo.
 
Carlos Alberto- em 29/04/2011 11:46:46
Devemos enviar para o ministro de energia o movimento da indignação do aumento de combustível do governo federal em todo o país, do que adianta o Brasil descobrir o Pré-sal, este maravilhoso poço de petróleo, sendo vendido para o povo brasileito a mais cara do mundo, está na hora pedir uma CPI do combustível, da energia elétrica, urgente...
 
elidio vicente pereira filho em 29/04/2011 11:46:17
Vamos todos protestar pois esses valores e um roubo .preco alto ,gasolina parada nos postos... prejuiso p, petrobras e governo .So assim eles vao parar com essa palhacada e refassam esses precos ridiculos.......
 
Geovane Andrade de Freitas em 29/04/2011 11:40:05
Parabéns a iniciativa do movimento "na mesma moeda", outros movimentos similares, inclusives os representativos da população, deveriam aderir ao movimento. O que estão esperando? É por aí que cresce o orgulho de sermos brasileiros, e, não marionetes de políticos. Já está passando da hora dessas manifestações acontecerem.
 
Vicente de Paula em 29/04/2011 11:39:50
Excelente idéia, essa de protestar contra o aumento dos combustíveis. Já passou da hora... Estaremos lá.
 
Arcelei Lopes Bambil em 29/04/2011 11:36:18
Finalmente a população está deixando de ser apática e está se organizando. Parabéns aos organizadores do evento, pois somente demonstrando a nossa insatisfação é que talvez o governo abra os olhos e para de achar que o povo brasileiro aceita tudo calado. Muito boa a iniciativa, que mostra organização e atuação dentro da legalidade e sem violência.
 
Roberto Lima em 29/04/2011 11:33:36
esse aumento abusivo só vai acabar quando houver postos de gasolina sendo explodidos...
 
Gabriel Santos em 29/04/2011 11:04:55
Temos que protestar do jeito que ta jaja a gasolina chega R$ 4,00.
 
José Carlos em 29/04/2011 11:02:01
Isso é um absurdo, eles acham que pelo fato salário mínimo aumentar, tudo tem que aumentar, isso trás mais pobreza, e outra as coisas estão muito caras, daqui uns tempo só os ricos milionário viveram, pois o resto passará fome...a luz aumentou, a gasolina aumentou, o passe aumentou, aonde vamos parar??...queria saber o que se passa na cabeça desses políticos, pois eles vivem dos nossos impostos que são os pobres que pagam....isso é um absurdo!!!
 
Giuliana Campagna Bertazzoni em 29/04/2011 10:55:51
Quando começou a ser ventilada na imprensa, a alta de combustivel dita pelo presidente da Petrobras e severamente desmentida pelo Ministro da Fazenda e pela Presidenta da Republica, o assunto ficou o dito pelo não dito. O presidente da Petrobras voltou a falar em aumento dos combustíveis em recente visita a China acompanhando a Presidenta, fato noticiado em tv e jornais. Esse filme já passou várias vezes antes em governos passados e óbvio que esses balões de ensaio iriam se converter em fato consumado e ainda assim consideram que o pais é autosuficiente em petroleo, ou seja é conversa para boi dormir. Vão dizer depois que os acionistas da Petrobras estão exigindo aumento de lucros - ora, o maior acionista da Petrobras é o proprio governo. Além disso, Governadores, Prefeitos, Poder Judiciário, Câmaras e Assembléias não vão levantar um susurro sequer sobre o assunto, afinal o aumento refletirá também no aumento da arrecadação dos impostos e consequentemente nos repasses constitucionais para os poderes públicos, mais grana, maior salário, mais gastos desnecessários e continuamos no circulo virtuoso e vicioso.
 
FRANCISCO XAVIER em 29/04/2011 10:37:29
Estarei lá com certeza vamos fazer esse movimento ganhar força e voces leitores façam a mesma coisa mande email a amigos amigas e parentes nossa força é maior.
 
JUNIOR PEREIRA em 29/04/2011 10:05:41
Liberem as importações.Liberem.Mas,onde está a coragem?Como ficará a mamãe Petrobrás?Como sustentará a catrefa do PT?Seria o desmanche do maior cabide do mundo.E a felicidade do consumidor brasileiro.
 
Ronaldo Ancél Alves em 29/04/2011 10:00:45
Movimentos como este são importantíssimos. Louvável a atitude dos organizadores e do Campo Grande News ao divulgar esta notícia, face a necessidade de protestarmos contra este abuso que vem sendo cometido com o preço da gasolina. Que consigamos reunir um número recorde de participantes para que possamos chamar a atenção daqueles que elegemos e que estão pouco se lixando para o que acontece com a população.
 
Jorge Bastos em 29/04/2011 09:57:11
É isso aí Campograndesse!!!!Vamos a luta!!!
O Povo Unido Jamais sera Vencido!!!!!O Povo Unido Jamais sera Vencido!!!!!O Povo Unido Jamais sera Vencido!!!!!O Povo Unido Jamais sera Vencido!!!!!O Povo Unido Jamais sera Vencido!!!!!O Povo Unido Jamais sera Vencido!!!!!
 
Renata Cardoso da Silva em 29/04/2011 09:47:05
Brilhante iniciativa, somente assim nós consumidores iremos readquirir respeito contra este abuso imposto na nossa cidade.
Gostaria de saber aonde fica este estacionamento, para poder participar.
 
Welliton Chaves em 29/04/2011 09:45:20
Realmente um abuso absurdo!
 
christopher pinho ferro scapinel em 29/04/2011 09:43:54
Eu apoio o protesto so acho q deveria ser feito no final de semana pois daria mais gente, é uma vergonha o preço que pagamos na gasolina...
 
Rafael Martins em 29/04/2011 09:09:49
Acho um abuso o preço da gasolina, somos quase auto suficientes, isso é uma vergonha, como todos os impostos que pagamos aqui no Brasil, vamos lutar contra isso quem sabe um dia tudo melhore.
 
Sandra Mara Ferron em 29/04/2011 03:36:58
O correto é se boicotássemos os postos BR, pois só assim haveria um controle de preços. Os estoques aumentariam e não teriam pra quem vender, automaticamente seriam obrigados a abaixarem os preços. Bem disse um colega acima, que a BR abaixou os seus preços, apenas para abarcarem as outras distribuidoras levando-as à bancarrota, à falência. Logo após, cobram o que acham melhor para o bolso deles. E nós? E o nosso bolso? Com esse salário é justo? Um carro popular, com tanque com capacidade para 55 litros, teremos que gastar em média R$175,00, portanto quase 33% do salário mínimo, pode?
Foram votar no quarenta (40), agora aguenta!
Acorda Brasil, vamos boicotar os postos BR.
 
Luiz Carlos em 29/04/2011 01:55:07

É a maneira mais disfarçada deles arrecadarem dinheiro, sabe praquê !!!
 
aparecido bonfim em 29/04/2011 01:13:02
demorôôôô, estarei la . . . .
 
fabio miranda em 29/04/2011 01:07:33
a Petrobras é a mina de dinheiro do governo. com isso ela manda e desmanda no mercado... absurdo... vamos as ruas mesmo protestar... parabéns ao Campo Grande News por publicar essa grande noticia...
 
Leandro Mendonça em 29/04/2011 01:04:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions