A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

20/11/2013 10:34

Devedor procura central para pagar débitos com desconto de até 75%

Zana Zaidan
Mutirão de negociação de impostos atrasados começou hoje (Foto: Cléber Gellio)Mutirão de negociação de impostos atrasados começou hoje (Foto: Cléber Gellio)

Os contribuintes que têm dívidas com a prefeitura de Campo Grande já podem tentar negociar os débitos, com descontos de até 75% nos juros e multas. Começou hoje (20) o “Fique em Dia”, que segue até o dia 23 de dezembro. Basta se dirigir à central de atendimento do Fique em Dia, que ficará ao lado do prédio da Prefeitura durante o mutirão de negociações. A expectativa do município é arrecadar R$ 50 milhões com o programa, feito em parceria com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. 

A oportunidade é para aqueles que receberam uma das 260 mil cartas enviadas pela administração municipal aos contribuintes que estavam com as contas atrasadas até 31 de outubro, referentes ao o IPTU, ISS e multas gerais inseridas no cadastro imobiliário.

Hoje, as dívidas dos contribuintes somam R$ 1,2 bilhão – destas, R$ 480 milhões são de dívidas ajuizadas (cobradas na Justiça), R$ 700 milhões de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e R$ 500 milhões de ISS (Imposto Sobre Serviço), afirma o auditor fiscal da prefeitura, Daniel Flores. Em quase um mês de mutirão de negociação, a expectativa da prefeitura é arrecadar R$ 50 milhões.


A aposentada Rosa foi com o marido negociar uma dívida ajuizada, mas o baixo desconto fez com que o casal desistisse de pagar (Foto: Cléber Gellio)A aposentada Rosa foi com o marido negociar uma dívida ajuizada, mas o "baixo desconto" fez com que o casal desistisse de pagar (Foto: Cléber Gellio)

Negociação - O desconto nos juros e multas das dívidas atrasadas chegam a 75% para quem pagar à vista. Caso seja a prazo, os impostos podem ser quitados em até cinco vezes, com desconto de 50% nos juros e multas.
Na central, o atendimento é feito mediante retirada de senha. São 12 funcionários: quatro da Procuradoria Geral do Município, que negociam as dívidas ajuizadas, e oito da Secretaria Municipal de Receita.

Hoje, nas primeiras duas horas do Fique em Dia, 102 pessoas já haviam procurado o serviço. A Central tem, em média, capacidade para atender 500 contribuintes todos os dias.

"Pouco desconto" - O servidor público aposentado Valdivino Evangelista Barbosa, 71 anos, foi um dos que procurou o mutirão para quitar um débito que ultrapassa os R$ 31 mil com a prefeitura. Deste valor, R$ 27 mil estão ajuizados – o aposentado briga na Justiça com a antiga proprietária do imóvel que ele comprou em 2004, no Bairro Rouxinóis.

“Caímos em uma cilada. A antiga dona não pagava o IPTU e quando meu marido foi comprar a casa, ela garantiu que pagaria a dívida, mas não pagou e ficou tudo para nós”, lamenta a esposa do aposentado, Rosa Perdomo, 63 anos. 

Barbosa aprovou o atendimento, afirma ter recebido todos os esclarecimentos do setor da PGM, mas saiu “frustrado”, porque o dinheiro que tinha juntado para quitar a dívida não foi suficiente, mesmo com o desconto.

A dona de casa Rosa Maria do Couto, 39 anos, foi para calcular quanto ficaria a dívida, depois do desconto aplicado. A ideia era usar o 13º salário do marido para quitar o que deve de IPTU à vista. Ela saiu sem ter certeza se valeria usar o dinheiro. "Juntamos o dinheiro nos últimos meses, e ainda vamos ocupar parte do 13º, e o desconto não é tão grande assim. A gente vem com uma expectativa, e acaba se frustrando. Agora, preciso sentar com meu marido e reavaliar se vai valer a pena usar o dinheiro nisso", avalia.

Serviço - Central de Atendimento “Fique em Dia”

Rua Arthur Jorge, 500 (ao lado do Paço Municipal)
Atendimento – 2ª a 6ª feira, das 8 às 16 horas.
Mais informações pelo telefone 156.

Central Fique em Dia fará 500 atendimentos por dia, até 23 de dezembroCentral "Fique em Dia" fará 500 atendimentos por dia, até 23 de dezembro


ISSO E UM ABSURDO , FALAR EM DESCONTO DE ATE 75% , CHEGA LA QUEREM DAR DESCONTO SO EM JUROS MULTAS E AJUISAMENTO , POREM QUEM ENTROU COM AÇAO DE COBRANÇA FOI A PREFEITURA , O CERTO ERA TIRAR TODO O JURO E MULTA , E ISENTAR O VALOR DAS AÇOES DE AJUIZAMENTO , UMA VEZ QUE QUEM ENTROU COM AÇAO FOI A PREFEITURA ,, E AI SIM CHAMAR O COMTRIBUINTE PRA TER DIREITO A DESCONTO REAL NO VALOR DO IPTU , ISSO SIM SERIA UMA CAMPANHA ,,, O POVO TEM QUE TOMA CUIDADO ISSO AI E UMA ARMADILHA CONTRA O CONTRIBUINTE E UMA SACANAGEM . ACORDA BRASIL ,
 
paulo jordao em 20/11/2013 12:30:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions