ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  25    CAMPO GRANDE 22º

Economia

Em abril, 64% das pessoas se consideram endividadas no Estado

Cartão de crédito foi responsável por 70% das contas; endividamento compromete até 50% da renda

Por Natália Olliver | 08/05/2024 12:48
Pessoa calcula dívidas de cartões de crédito do mês (Foto: Alex Machado)
Pessoa calcula dívidas de cartões de crédito do mês (Foto: Alex Machado)

Em Mato Grosso do Sul, 64% das pessoas se consideraram endividadas em abril. O dado foi divulgado pela Peic (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor) nesta quarta-feira (8). Conforme o levantamento, 70% das dívidas foram atribuídas ao cartão de crédito e 44,3% das pessoas entrevistadas disseram que o endividamento compromete até 50% da renda.

Ao todo, foram consultadas 17.800 famílias na capital do Estado. O número de endividados com contas foi de 95.344 pessoas, 32.579 delas alegaram não ter condições de pagar a pendência.

Dos 64% daquelas que se consideraram endividadas, 21,3% falaram que o montante da conta é expressivo, categorizado como ‘muito endividadas’, e 20,3% ‘mais ou menos endividadas’. As contas incluem cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimo pessoal, prestações de carro e seguros. O índice de confiança na pesquisa é de 95%.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Já quanto ao endividamento de membros de uma mesma família, 45,5% afirmaram que eles estão com dívidas em atraso e que 34,2% não terão condições de pagar o débito. Além disso, os dados mostraram que 54,2% das pessoas estavam com dívidas em atraso há mais de três meses, 22,4% entre 30 e 90 dias. A média geral ficou em 70 dias.

O tempo de comprometimento com a dívida chega a 1 ano, 29,4% e 22,9% em até três meses. A média ficou em 31 semanas.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Campo Grande - Em abril, o cartão de crédito continuou sendo o principal motivo do endividamento em Campo Grande, mesmo com a queda de 1,2% no número de famílias endividadas. Atualmente, são 191,2 mil pessoas com débitos, sendo que 131,5 mil (68,8%) têm o parcelamento no crédito como principal motivo. Do total de endividados, 91.950 estão com contas em atraso e 36.192 não terão condições de pagar.

Depois do cartão de crédito, estavam os carnês que acometeram 17,9% das famílias. Em seguida, está crédito pessoal (11,2%); financiamento de carro (9,8%); financiamento de casa (9,7%); crédito consignado (9%); cheque especial (0,8%); e cheque pré-datado (0,4%).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias