A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/09/2010 15:37

Fábrica de fertilizantes vai gerar 5 mil empregos

Redação

A maior fábrica de fertilizantes do Brasil, que será construída em Três Lagoas, irá gerar 5.000 empregos, informou o gerente de implantação da Petrobras Fertilizantes, Felipe Poli, durante a audiência pública realizada na noite de ontem, sobre a nova unidade. A previsão é de a construção da unidade ser concluída no segundo semestre de 2014.

"Para preparar a mão de obra e desenvolver nossos fornecedores, a Petrobras irá utilizar o Promimp (Plano Nacional de Qualificação Profissional para Indústria do Petróleo e Gás Natural), além do apoio do Senac, Senai, Sebrae e Semat", explica Poli.

Visando os postos de trabalho, alunos do Senac participaram da audiência. "Estamos formando profissionais que podem perfeitamente ser absorvidos por esse empreendimento", disse o gerente do Senac de Três Lagoas, Wilson Vendimiati.

Cerca de 200 alunos frequentam cursos para técnicos em meio ambiente, florestas e segurança do trabalho.

Somente a aquisição da área destinada à construção da indústria custou R$ 5,980 milhões, sendo R$ 5 milhões do Estado e R$ 980 mil do município.

"A logística do município foi um dos grandes atrativos para trazer ao Estado esse empreendimento de grande porte. Teremos aqui a maior fábrica de fertilizantes do Brasil, contribuindo para produção de riquezas e o crescimento econômico a todo o Mato Grosso do Sul", disse a prefeita Márcia Moura.

A unidade deverá produzir 2,2 mil toneladas de amônia/dia e 3.600 toneladas de ureia.

Segurança - Coordenadora do EIA/Rima do projeto, Tatiane Moraes disse na audiência que caso aconteça algum vazamento de gases e líquidos a proliferação atingiria um raio máximo de 2 km, longe do território urbano de Três Lagoas, o que garantiria segurança à população.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions