A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 26 de Maio de 2018

12/03/2008 14:04

Fiems pede ressarcimento de energia em kW no Estado

Redação

A Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul irá propor à Agência Nacional de Energia elétrica que a Enersul seja obrigada a ressarcir em kilowatts o valor cobrado a mais dos consumidores desde 2003, quando foi registrado erro na base de remuneração da revisão tarifária, causando uma arrecadação extra de R$ 191 milhões à distribuidora de energia. A sugestão foi apresentada hoje a Romeu Rufino, diretor da Aneel, que está em Campo Grande para participar de audiência pública sobre a próxima revisão tarifária da empresa de energia elétrica, agendada para maio deste ano.

Sérgio Marcolino Longen, presidente da Fiems, explicou que a concessionária emitiria aos consumidores lesados um certificado em kW do valor recebido a mais, incluindo a carga tributária que incide sobre a tarifa (ICMS, PIS e Cofins), cabendo à empresa fazer a compensação com Estado e União. O cliente poderia negociar quando seria ressarcido, podendo até mesmo comercializar o crédito com outros grandes consumidores. O certificado teria validade de 60 meses.

Longen, por meio de sua assessoria, ressaltou também que os consumidores inativos

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions