ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 

Economia

Liberado aplicativo para saque de R$ 600 e depósito começa quinta

O auxílio de R$ 600 para informais ou de até R$ 1,2 mil para mães chefes de família seguirá por pelo menos 3 meses

Por Angela Kempfer | 07/04/2020 09:14
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Trabalhadores informais não inscritos em programas sociais já podem baixar o aplicativo (clique aqui) da Caixa Econômica Federal e fazer o cadastramento para receberem o auxílio emergencial do governo federal. Veja como funciona.

Na próxima quinta-feira começa o pagamento do auxílio de R$ 600 para informais ou de até R$ 1,2 mil para mulheres chefes de família. Os cadastrados devem receber o benefício, pelo menos, durante três meses.

A Caixa também lançou uma página na internet e a central de atendimento telefônico 111 para a retirada de dúvidas e a realização do cadastro.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Só vai receber quem tem CPF válido. Os primeiros pagos serão os que tem conta na Caixa Econômica ou Banco do Brasil. O total de recursos deve ser pago até 29 de maio. Quem se cadastrar hoje, recebe na quinta (9).

Depois, os cadastrados receberão de acordo com o mês de aniversário, com depósitos da segunda fase nos dias 27, 28 e 29 de abril, e da terceira nos dias 26, 27, 28 e 29 de maio.

O programa vale automaticamente para quem já tem o cadastro único e pessoas que contribuem para a Previdência como autônomo ou como microempreendedor individual (MEI), porque tem o nome no banco de dados da Caixa Econômica.

Já os trabalhadores autônomos não inscritos no CadÚnico e nem na Caixa terão de acessar o aplicativo e o pagamento será feito até 48 horas depois da conclusão do cadastro. Nesse caso, o pagamento será em contas poupança digitais, o que possibilita que os valores sejam transferidos para qualquer conta bancária, sem custos.

O governo só não conseguiu explicar ainda como fará a comunicação com quem não tem internet.

Para os beneficiados pelo Bolsa Família, a regra é diferente. Eles não precisarão baixar o aplicativo. Mas entre os dias 16 e 30 devem escolher se receberão o Bolsa Família ou a renda básica emergencial, optando pelo valor mais vantajoso.