A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

24/09/2014 12:34

Licença para venda de peixes na Feira de Orgânicos adia projeto pela 2° vez

Luciana Brazil
Caminhão na Praça do Rádio durante lançamento do projeto. (Foto: Marcelo Calazans)Caminhão na Praça do Rádio durante lançamento do projeto. (Foto: Marcelo Calazans)

A venda de peixes que começaria na quarta-feira passada (17) na Praça do Rádio Clube, na Feira de Orgânicos, foi adiada hoje novamente. A falta do CPO (Certificado de produtos Orgânicos), documento que autoriza a venda do pescado na feira de hortifrutigranjeiros, impediu que o projeto começasse a ser desenvolvido, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura. Produtores ou estabelecimentos da Capital que vão oferecer o pescado deverão ter o CPO para que a comercialização do peixe possa ser feita.  

Conforme o secretário adjunto da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Agronegócio), Natal Baglioni, outro motivo impediu que o pescado fosse vendido. Segundo ele, produtores não conseguiram se organizar para emitir nota fiscal o que também teria atrasado o lançamento da campanha de incentivo ao consumo do peixe.

“Os produtores que ofereceriam o peixe não conseguiram se regularizar para oferecer nota fiscal do pescado e, além disso”, disse o secretário ao Campo Grande News.

Conforme a prefeitura, a licença (CPO) é individual, sendo de responsabilidade dos comerciantes. 

Projeto- A iniciativa foi lançada na semana passada com a presença do prefeito Gilmar Olarte (PP). O caminhão frigorífico, com capacidade para seis toneladas, é cedido pelo Ministério da Pesca e da Aquicultura por meio de edital publicado a cada quatro anos. Esse também é o período em que o veículo fica no município. Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, foi a última cidade a receber o caminhão frigorífico.

De acordo com a assessoria do Ministério da Pesca e Aquicultura de Mato Grosso do Sul, até a publicação do próximo edital, que deve acontecer em janeiro, o veículo ficará disponível para a prefeitura de Campo Grande.

A cada semana uma empresa diferente ficará responsável pela venda dos produtos.

Agências do BB abrirão uma hora mais cedo para saques do Pasep
As pessoas com mais de 70 anos beneficiadas com o saque das cotas do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) poderão ir mais c...
Águas Guariroba consta pela 2ª vez entre 150 melhores para se trabalhar no País
Pela segunda vez, a concessionária Águas Guariroba, responsável pelo saneamento básico em Campo Grande, está relacionada entre as 150 melhores  empre...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions