ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 20º

Economia

Maioria dos que fazem fila na Caixa Econômica não usa aplicativos

Em Campo Grande, sete agências abriram neste sábado (23); outras cinco nas cidades do interior do Estado

Por Maressa Mendonça | 23/05/2020 11:56
Gerente da Caixa Econômica informa sobre o calendário de saque do auxílio emergencial (Foto: Henrique Kawaminami)
Gerente da Caixa Econômica informa sobre o calendário de saque do auxílio emergencial (Foto: Henrique Kawaminami)


A maioria dos clientes que foram até a Agência da Caixa Econômica Federal da Rua 13 de Maio, centro de Campo Grande, neste sábado (23) não precisava ter ido. Isto porque para boa parte deles o benefício do auxílio emergencial estava disponível apenas pelo aplicativo. O problema é que nem todos têm familiaridade com os programas instalados no celular.

O pedreiro Adriano Rodrigues, de 59 anos, é um dos que foram até a agência em busca da 2ª parcela do auxílio emergencial do Governo Federal. Ele disse ter sido informado pelo enteado que o valor já estava disponível. A informação não está incorreta, mas ele ficou confuso em relação ao saque presencial.

O pedreiro Adriano Rodrigues, de 59 anos, deixa a função de mexer no aplicativo nas mãos do enteado (Foto: Henrique Kawaminami)
O pedreiro Adriano Rodrigues, de 59 anos, deixa a função de mexer no aplicativo nas mãos do enteado (Foto: Henrique Kawaminami)


A 2 ª parcela do benefício para os nascidos em até julho e agosto foram disponibilizadas hoje na poupança digital que, pode ser acessada por meio do aplicativo Caixa Tem e usadas com cartão virtual. Os saques presenciais seguem outro calendário, com início previsto para 30 de maio para os nascidos em janeiro.

“Tenho medo de bloquear o celular”, contou Rodrigues sobre os motivos que o fazem preferir o saque presencial. A missão de verificar a conta fica a cargo do enteado. “Ele que mexe no meu celular. É uma pessoa de confiança, tem mais experiência. Tenho confiança nele”.

O pedreiro conta que o benefício será usado para comprar alimentos para a família e também para o pagamento das contas.

Clientes aguardam atendimento na entrada da Caixa Econômica (Foto: Henrique Kawaminami)
Clientes aguardam atendimento na entrada da Caixa Econômica (Foto: Henrique Kawaminami)


A doméstica Emiliana Marin, de 51 anos, também foi até a agência da Caixa na manhã deste sábado para acompanhar a filha que estava em busca do saque emergencial. Segundo ela, as duas até tentaram usar o aplicativo, mas não estavam conseguindo e então decidiram ir em busca do saque presencial.

Por fazer parte dos remanescentes do 1º lote elas conseguiram sacar neste sábado (23).

Além da Agência da Rua 13 de Maio, também funcionaram durante a  manhã de hoje as agências da Avenida Afonso Pena, Bandeirantes, Coronel Antonino, Eduardo Elias Zahran e Professor Luiz Alexandre de Oliveira, na Via Parque.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário