A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/12/2013 16:28

Mais rico, Chapadão tem renda de R$ 40,1 mil, enquanto Japorã R$ 6,4 mil

Lidiane Kober

Com cerca de 20 mil habitantes, Chapadão do Sul é o município mais rico de Mato Grosso do Sul, considerando a renda per capita da população, divulgada pelo IBGE (Instituto de Geografia e Estatística), nesta terça-feira (17). No município, cada morador recebe, por ano, em média R$ 40.105,80.

Do outro lado da tabela, aparece Japorã, com renda per capita de R$ 6.494,63, em torno de R$ 541,21 por mês, ou seja, menos de um salário mínimo para cada um dos 7.238 moradores. A economia do município, localizado a 487 quilômetros da Capital, gira em torno da agropecuária e do comércio.

Mais rico do Estado, Chapadão se destaca pelo rebanho bovino, estimado em 250 mil cabeças, com predomínio do gado nelore. O município também possui aproximadamente 140 mil hectares de lavoura e produz, principalmente, soja, algodão e milho e começa a se destacar na produção da cana-de-açúcar.

Os mais ricos – Ainda de acordo com o levantamento do IBGE, Corumbá, quarto maior município do Estado, apresenta a segunda maior renda per capita dos 79 municípios, com média anual de R$ 34.536,99 por habitante.

Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, apresenta a terceira maior renda per capita, de R$ 32.632,41, enquanto São Gabriel do Oeste é o quarto mais rico, com receita de R$ 31.381,79 por habitante.

No quinto lugar, figura Laguna Carapã com renda per capita de R$ 30.223,55. Em Três Lagoas, a terceira maior cidade do Estado, cada morador recebe em média R$ 30.122,10 por ano.

Os mais pobres – Na ponta de baixo da tabela, praticamente na mesma situação de Japorã, aparecem os municípios de Paranhos, Ladário, Coronel Sapucaia, Anastácio e Miranda. Paranhos é o segundo mais pobre do Estado, com renda per capita de R$ 7.468,78.

Em Ladário, cada habitante recebe em média R$ 7.583,69 por ano, seguido de perto por Coronel Sapucaia (R$ 7.906,32), Anastácio (R$ 9.311,92) e Miranda (R$ 10.177,60).

Os maiores – Capital do Estado e com o maior número de habitantes, Campo Grande é o 25º lugar na lista dos municípios com maior renda per capital de Mato Grosso do Sul. Aqui, em média, cada morador recebe R$ 19.754,42 por ano, R$ 1.646,2 mensalmente.

Dourados, segundo maior município do Estado, é 18º da lista, com renda per capita de R$ 21.862,23, R$ 1.821,85 por mês.

Considerando a média dos 79 municípios, Mato Grosso do Sul tem renda per capita de R$ 19.875,45, abaixo da média nacional de R$ 21.535,65. A região mais rica do país é a Sudoeste e a Nordeste é a mais pobre.

Economia de 10 cidades de MS encolheram após a crise econômica de 2008
A crise econômica mundial, iniciada em 2008, afetou a economia de 10 municípios de Mato Grosso do Sul entre 2010 e 2011, segundo o IBGE (Instituto Br...
Cinco municípios de MS ficam entre os 30 mais ricos do Centro-Oeste
O PIB (Produto Interno Bruto), que é soma total das riquezas, de cinco municípios de Mato Grosso do Sul ficou entre os 30 maiores do Centro-Oeste em ...
Acordo prevê pagamento de R$ 5 mil à vista a poupadores por perdas com planos
O acordo entre representantes de bancos e associações de defesa do consumidor sobre o ressarcimento de perdas de planos econômicos foi concluído. Em ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions