A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/08/2012 10:58

"Não vai dar em nada", diz André sobre ação de SP contra incentivo

Marta Ferreira e Paula Maciulevicius
O governador André Puccinelli, durante solenidade esta manhã no HR(Foto: Minamar Junior)O governador André Puccinelli, durante solenidade esta manhã no HR(Foto: Minamar Junior)

Não estou preocupado, não vai dar em nada”. Foi o comentário feito pelo governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB, sobre a ação que o Governo de São Paulo moveu no STF (Supremo Tribunal Federal) questionando um benefício fiscal concedido a frigoríficos.

Puccinelli lembrou que outros cinco estados também foram acionados e afirmou que, “no seu governo, Mato Grosso do Sul” não vai ser prejudicado.

Ele comentou a guerra fiscal, dizendo que o que São Paulo vem fazendo já é histórico, para tentar manter a industrialização apenas lá.

O governador completou que se Mato Grosso do Sul perdesse receita dos frigoríficos estaria "fuzilado"

O processo-O ministro Joaquim Barbosa, do STF (Supremo Tribunal Federal) adotou o rito sumário na ação. Isso significa que o processo não terá pedidos de liminar apreciados e a decisão só vai sair quando for para o colegiado de ministros.

O governo paulista entrou com ações do mesmo tipo contra seis estados, incluindo Mato Grosso do Sul.

Na ação, o governador de São Paulo contesta os artigos 13 e 13-A do decreto 12.056/2006, que concedeu benefícios fiscais para frigoríficos e indústrias de charque para operações interestaduais e internas com carne, charque e demais subprodutos comestíveis do abate de gado bovino e bufalino.

A alegação é que o incentivo foi concedido sem autorização do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária).

Ao entrar com a ação, o governo de São Paulo pediu que fosse concedida medida cautelar suspendendo os dispositivos questionados e que, ao final, seja declarada a inconstitucionalidade dos artigos.

SP questiona incentivo fiscal de MS e decisão fica para o plenário do STF
O ministro Joaquim Barbosa, do STF (Supremo Tribunal Federal) adotou o rito sumário na ação em que o governo de São Paulo questiona, mais uma vez, as...
Guerra sem fim
Novela tributáriaEm vez do tão esperado fim, a guerra fiscal entre estados está é ganhando mais um capítulo. O Estado de São Paulo entrou na sexta-fe...
Empresas têm até 20 de dezembro para optar pela antecipação do eSocial
Empresas podem optar pela antecipação da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSoci...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions