A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 27 de Maio de 2018

23/01/2012 16:26

Número de cheques sem fundos em MS fica abaixo da média nacional em 2011

Fabiano Arruda

Percentual foi de 1,69% no Estado no ano passado. No País, 1,95% dos cheques compensados foram devolvidos

Dos cheques compensados em Mato Grosso do Sul no ano passado, 1,69% foram devolvidos, segundo indicador do Serasa Experian de Cheques Sem Fundos divulgado nesta segunda-feira. O índice é menor do que a média nacional, que foi de 1,95%.

Além de MS, Minas Gerais (1,80%), Santa Catarina (1,74%), Paraná (1,67%), Rio de Janeiro (1,60%) e São Paulo (São Paulo (1,45%) ficaram abaixo do percentual nacional.

Já Roraima foi o estado com o maior percentual de cheques devolvidos (12,48%).

O índice de 1,95% foi o maior no País desde 2009, quando houve 2,15% de devoluções, segundo o indicador.

Conforme a instituição, em dezembro de 2011, por sua vez, o percentual de cheques sem fundos foi de 1,99%. O valor foi menor que os 2,19% registrados em novembro e maior que o 1,72% verificado em dezembro de 2010.

A elevação da inadimplência do consumidor, o crescimento da inflação, que reduz o poder aquisitivo, bem como os juros altos, são fatores apontados como determinantes para os índices de cheques sem fundo, apontam economistas do Serasa Experian.



O cheque virou artigo de luxo, em que poucos tem. Se der um cheque sem fundos, perdeu! Em contrapartida, o cartao de credito, virou arroz feijao na mao de quem tem nome limpo. E a preferencia dos comerciantes, é o cartao. Entao, por issoque diminuiu. Nada a comemorar, ja que 56% da população brasileira ta endividada, e quem facilitou o acesso? PT.
 
LUCIANO MARQUES em 23/01/2012 09:57:04
Parabéns MS, pelo menos um índice para comemorar.
 
Marcio Pereira em 23/01/2012 04:48:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions